02/09/2005

Para desanuviar... ou não!

Animado pelo anúncio da recandidatura de Mário Soares à Presidência da República, duas personalidades estrangeiras já confirmaram o seu apoio na corrida a Belém, Parkinson e Alzeimer. Os militares entretanto, já se conformaram com a ideia de se reformarem só aos 75 anos uma vez que já há um candidato a Comandante Supremo das Forças Armadas com 81 anos. Ao mesmo tempo, o nosso Eusébio já confirmou o seu regresso à Selecção. Por seu turno, António Calvário começou a ensaiar o tema que vai levar ao Festival da Eurovisão de 2006. No caso de Rosa Mota, a atleta portuense reconheceu não ter tempo para se preparar devidamente para os Jogos Olímpicos, a disputar na Alemanha, em 2008, pelo que resolveu adiar o seu regresso para os Jogos de Paris, em 2012, onde participará na Maratona e nos 10.000.

Tristes sinais estes...

E, infelizmente, com os pés bem assentes na terra, também se encontram pela cidade imagens destas. Bandeiras de Portugal mal colocadas, rotas e em péssimo estado! Depois do "scolari" apelo patriótico fica esta prova do respeito que o simbolo máximo da nação nos merece! Sinal do que esperamos do País...

Bandeira (restos) colocada numa instituição da cidade...

Oh, patego, olha o balão!!

Depois lá em cima, vê-se coisas assim... bem, vê-se melhor, a foto é que ficou mal tirada!

Aceitam-se donativos para uma máquina nova...

No inicio...

Andam a montar candeeiros gigantes na Feira Semanal?

Do outro lado

Só para fazer pirraça aqui fica uma outra vista da cidade... tirada da tal "gerigonça"! Pois é, há vidas mais baratas mas não prestam!

Ena pá, tanto betão em Marzovelos...

Nem tudo é mau

Além das noticias sobre o CAF também no Centro de hoje se registam mais maus exemplos cá do burgo a que se soma mais umas nuvens negras por aí e até o Paulo Ribeiro ameaça levantar ferro daqui. Mas, é também justo reconhecer que este é um bom exemplo! Já que os Municipios nos taxam por um serviço que não prestam então, ao menos, que dêm bom destino ao dinheiro. E, por este andar ainda vamos ver os minutos da conversação via telemóvel taxada pela passagem... no ar!

Um mal nunca vem só

O Gil Peres dá-nos no Jornal do Centro que depois do futebol é a vez do futsal acabar no CAF. Mas tudo o que eu penso sobre esta situação, que se vive no clube é dito aqui pelo Vitor Santos. E, a SAD nisto tudo? Rabo entre as pernas?

01/09/2005

Só visto porque contado...

Imaginem a cena... Feira Semanal de Viseu, 01 de Setembro, 14h30 da tarde, calor abrasador, sol tórrido e naquele cenário poeirento e com restos das vendas da semana passada três belas jovens apanhando o bronze! Primeiro, esfreguei os olhos. Estaria a ver bem? Depois saquei a máquina e aqui vos deixo a prova. Só encontro explicação para isto pelo facto de as jovens serem "estranjas" e pela confusão que devem ter feito com o cheiro a maresia que lhes chegava do Pavia ali bem perto. Coitadas, cuidavam que já tinham chegado à praia!...


Ele há coisas... só vistas!

Eles andam aí!

Eles andam aí... Esperem só as fotos que à noite vou tirar nesta "gerigonça" voadora. Se quiserem dar uma volta, apitem...

Sopra que sobe...

31/08/2005

Vazio de ideias

Há dias assim... Só más noticias e sem ideias! Só me resta uma certeza, não vou aderir a uma moda nova que anda prá ai, a do Su do Ku! Safa...

Ah, Manel

Lembram-se daquele poema que começa assim:

Pergunto ao vento que passa
notícias do meu país
e o vento cala a desgraça
o vento nada me diz.

E termina assim:

Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.

Pois é, foi o Manel que o escreveu! Ironias do destino... Ficam agora os Jurássicos!

30/08/2005

Já o meu pai me dizia!

Dizem as noticias que Manuel Alegre vai falar de tudo logo á noite no jantar de apoiantes em Viseu... Avisem o Sr que não se deve falar de boca cheia, ok? O Cavaco fez isso com o bolo rei e não se deu nada bem!

E a propósito de corridas

Quem também dá ao pedal para não perder a corrida são os demais concorrentes, um duma maneira (25 propostas para o ambiente) e outro doutra (cultura e educação). Daqui também já há mais novidades, por aqui o staff de apoio não dorme, do outro ainda não descobri o link! Para uns e para outros a meta está marcada dia 9 nas urnas!

Dar ao pedal...

Bem, os jornais hoje até quase me dão a ideia que já chegámos ao Natal. Daqui ganham os Bombeiros (e bem precisam!), do outro lado ganham os adeptos do pedal! E, eu também pago e ninguém fala nisso... mas aplaudo as iniciativas!

Há de tudo na Feira...


Queres, queres! Não queres? Larga!

Se não há, faz-se!


Há de tudo nesta Feira... até recordações do passado!

Estamos em todo o lado!

E, vi que destas cores está a Feira cheia... Está na moda e por isso é vê-los, graúdos e miúdos encantados com o brilho do Glorioso. A camisola do Karagounis ainda não estava à venda...

Oh pai, olha aqui a melhor equipa do mundo!

Fui e vi...

Fui ver as "novidades" e gostei do que vi. O espaço está da facto mais arrumadinho, mais airoso e até muito concorrido. Para uma segunda feira vi muita "encruzilhada de gentes e vontades"! A iluminação geral está mais conseguida mas não se perdeu o tradicional da Feira. Não falo do programa porque aí... pimba é o que está a dar!

Olha ela toda iluminada...

29/08/2005

É pouco mas é melhor que nada...

Dou conta pelas noticias que a ADLAP distribui 95 mil Euros por oito Associações, organismos e empresas do concelho de Viseu. São boas novidades que indicam que pelo menos algum graveto fica por cá... O site também merece uma visita.

Barracadas do costume... ali na Feira

A urbe conta com mais um parque de campismo... improvisado é certo, com sistema gratuito de esgotos mas bem localizado, fica bem ao lado da Feira. Os detalhes vêm aqui!

Bjos e Abr@ços

Esta ainda não percebi... às 15h no Rossio, quando? E bjos de quem?

Criatividade sim, mas devagar senão não percebo, ok?

Bons sinais

Dou conta que a Assembleia Geral do Académico de Viseu está marcada para 8 de Setembro. Mais uma entre tantas... Ao que parece a Comissão Administrativa vai dar conta aos sócios dos problemas que impediram o clube de inscreve a equipa sénior no campeonato de futebol da segunda divisão. Ao mesmo tempo os miudos que podem agora aproveitar uma coisa que também é deles e para eles, o Fontelo estrearam-se a ganhar contra os Juniores do Infesta. Nem tudo parece ter efeitos negativos...

Nem com o desenrascanço nacional...

O "El País" num artigo de fundo fala sobre o verão quente dos incêndios e o título da peça é “As ilusões devastadas de Portugal”. Chamou-me a atenção porque a noticia é ilustrada com a fotografia de uma mulher em lágrimas durante um incêndio na aldeia de Outeiro no nosso distrito de Viseu. É o retrato de um país perfeitamente devastado. O horror e desespero causado pelos fogos é uma metáfora do estado do nosso país e da falta de respostas para outros tantos problemas – o desemprego, as famílias endividadas, a desertificação, os 27 mil incêndios deste ano, o fantasma do défice, o aperto do cinto decretado por um primeiro-ministro que prometeu não aumentar impostos... enfim! Ao mesmo tempo que lia este triste retrato feito aqui ao lado na nossa urbe os bombeiros eram mais uma vez chamados para apagar fogos que deflagraram em Moure de Carvalhal e Mundão. E a noticia dava conta de possibilidade de fogo posto. Será que ninguém consegue governar este país? Tenho a impressão que se colocássemos em órbita todos os imbecis que nos têm governado deixava de se ver o sol… nem precisávamos do fumo dos malditos incêndios!