08/10/2005

E, estamos de fim de semana

Informamos os nossos clientes que estamos encerrados para reflexão. Voltamos breve!

Pois, pois... um azar nunca vem só!

Olha, deixaram-me aqui este recado:
Farminhão 1 - Santacombadense - 2; Ganharam os das camisolas negras!
Não tarda nada estão na Liga... e o Ricardo vai ser o guarda redes escolhido!

Não havia nexecidade...

Recebida por email:
"0la! olha tnho d t dar ox prabens o teu blog ta mm altament. cntinua axim. xamo me filipe sou d vixeu. cntinua axim. e navega mt."
Oh, filipe, não poupes no teclado. Nem vixeu, nem bijeu! Um destes dias, com esse sotaque ainda te convidam para escreveres crónicas aqui! Axim não, Filipe! Não é axim que xe conxtrói o Portugal moderno que todox dexejamox… Um abraxo!

Sem grandes dúvidas

Basta abrir um jornal ou ouvir as notícias na televisão, para se entender o quanto estas leis estão cada vez mais actuais.
1 - Toda a gente subestima sempre, e inevitavelmente, o número de indivíduos estúpidos em circulação;
2 - A probabilidade de determinada pessoa ser estúpida é independente de qualquer outra característica dessa mesma pessoa;
3 - Uma pessoa estúpida é aquela que causa danos a outra pessoa (ou grupo de pessoas) não ganhando nada com isso, podendo inclusive perder algo;
4 - Pessoas "não estúpidas" subestimam sempre o poder destrutivo dos indivíduos estúpidos. Em particular, esquecem-se constantemente de que, em qualquer ocasião ou local, e sob qualquer circunstância, lidar e/ou associar-se a pessoas estúpidas acaba sempre por originar erros danosos para si;
5 - Uma pessoa estúpida é o mais perigoso tipo de pessoa que existe.

Despachem-se! Olhem que a época de fogos florestais está a acabar

"(...) O Viseu Digital vai desenvolver um projecto de prevenção e combate aos incêndios florestais. A iniciativa, que será testada no próximo Verão, vai decorrer no âmbito de um protocolo assinado com a Direcção-geral de Florestas (DGF).
A presidente da Lusitânia, Marina Leitão, explicou que este projecto foi candidatado pela DGF ao Programa Operacional de Sociedade de Informação (POSI), que encarregou o Viseu Digital de o conceber. «Vamos definir uma área na região da Lusitânia, que é de alto risco, e desenvolver o projecto a partir de agora, para testá-lo na próxima época florestal», explicou.
Segundo Marina Leitão, trata-se de colocar no terreno equipamentos para «levar informação às entidades envolvidas na prevenção florestal e que têm que actuar caso haja incêndio», desde a área geográfica, ao tipo de floresta. As torres de vigia terão equipamentos ligados às várias entidades. Vão também ser «escolhidas duas corporações de bombeiros que terão equipamento que lhes permitirá definir a rota correcta para que, caso haja incêndio, possam chegar lá pelos caminhos mais rápidos», acrescentou. (...)"
Jornal do Centro -
Rede EXPRESSO 23 Dezembro 2004

07/10/2005

Ciclo encerrado por agora!

Publico aqui o resultado da expressão da preocupação do pessoal sobre Viseu e suas carências. Quanto à outra votação sobre os candidatos, a mais certa acontecerá dia 9 e essa será a que nos importa e o desejo é que sobretudo ganhe Viseu!

Ciclo encerrado...

Siga a festa... depois logo se vê!

Os adeptos do Bowling já podem gozar a modalidade na Soima, depois do Viso. O espaço já funciona a título experimental (gratuito, o que poderá verificar-se até final do ano), das 19 às 23 horas, de segunda a sexta-feira, e aos sábados, domingos e feriados das 14 às 24 horas. Ao que me consta nos terrenos anexos surgirá ainda um parque com carrosséis, uma discoteca-bar, áreas comerciais e serviços, a que ficará ligado um supermercado. É a febre dos grandes espaços a invadir Viseu. Onde gastar já não falta, falta é onde o ganhar, mas ao menos divertimo-nos muito. E, que acham dum grande Casino? Era muito in, não acham?

Concursos na TV

Jorge Gabriel: Como se chama uma mata de castanheiros?
Concorrente: Compro!
Jorge Gabriel: Compra a quem?
Concorrente: Ao economista
Economista: Vendo por 30 euros
Concorrente: Aceito
Economista: Uma mata de castanheiros é um castanhol.

A sério? Mas isso é uma grande novidade!

"Portugal tem sido pioneiro em muitas actividades, como a Telemedicina, por exemplo, mas já está com um certo atraso em relação à Espanha."
Luís Gonçalves, secretário-geral do II Fórum Ibérico de Telemedicina in
DRegional

Não há bela sem senão...

Além dos comentários já aqui colocados neste post há também quem reclame por aqui.

06/10/2005

Para desanuviar dos tempos que correm

Deixo-vos aqui a versão portuguesa da publicidade do sapo da BMW. Ah, liguem o som...

Viseu é capital da Beira Alta e não só...

Viseu, capital da Telemedicina em Portugal? Não acredita? Veja aqui. Este é um excelente exemplo das parcerias e do interesse que as Universidades podem emprestar à sociedade. Antes mesmo de reclamarmos mais uma nova universidade, a possibilidade de entrelaçar o know-how das já existentes na cidade, UCP, ISPV e Piaget com as empresas, com as instituições e com a sociedade viseense em geral deve ser, na minha humilde opinião uma meta a seguir. Há que primeiro aproveitar os excelentes recursos que estas três áreas do saber académico em favor da cidade e só depois, reclamar a "excelência"! Não vale de nada pedir mais "capelas" se a malta nem sequer vai à missa. E, isto é também prova que em Viseu se podem liderar processos e a partir da Sé chegar à Europa. Por isso, Dr Fernando Paulo, deixo-lhe aqui os meus parabéns e os maiores votos de sucesso pela iniciativa! Outros certamente também merecem o aplauso mas cá para mim isto sem a sua mãozinha não tinha saído do Alto do Gaio. Só quem vê longe é que vai longe... Acertei?

Tempos idos era assim...

E, esta viagem pela história e pelas tradições é de louvar, manter e melhorar!

Separar toca a todos

Uma boa iniciativa esta. Hei, não se esqueçam onde moro, a campainha está sempre ligada...

De Viseu e ainda por cima do Benfica!

O processo do CAF versão Farminhão Clube Académico de Viseu ainda mexe. Era para jogarem de camisolas negras mas ainda não jogam, eram para ganhar ao Mangualde mas perderam, eram para ter falado com o Viseu e Benfica mas ignoraram aquele clube. A novela continua aqui!

05/10/2005

Sonho versus realidade

Sonhei que as eleições já tinham passado e que no meu bairro, os caixotes do lixo que não existiam haviam sido colocados em local apropriado e imaginem, até colocaram um ecoponto. O miserável e perigoso sistema de gás do bairro havia sido substituido por um novo sistema seguro, o que deixava todos os moradores sossegados. As crianças finalmente tinham onde brincar pois a zona de silvas destinada a zona verde havia sido requalificada e na floresta próxima o entulho das obras havia sido removido e os responsáveis penalizados. Nos passeios do bairro havia, sido colocadas àrvores... nem queria acreditar!
A voz firme da patroa acorda-me: Oh jovem, vai mas é despejar o lixo ao local do costume, anda! Porra, porque é que há coisas que só acontecem em sonhos?

Pobres de nós... porque eles safam-se bem!

Quando as noticias sobre as autárquicas, que passam na televisão, só mostram com uma frequência desnecessária os candidatos que não o deveriam ser, fico com a ideia que este País não tem cura. Ora falam de candidatos arguidos, ora falam de candidatos "dinossauros", polvilham com líderes que cada vez o são menos, oferecendo o tempo de antena gratuito que os seus adversários não têm. O jornalismo político de hoje em dia, com especial incidência nas TV´s, caminha cada vez mais para onde não devia e nestas alturas de eleições tornam-se, por vezes, evidentes. E nós, impávidos e serenos, à espera que nos elucidem sobre as suas propostas para podermos em consciência dia 9, expressar o nosso voto. O que vale é que ainda há por aí uns blogs de gente corajosa senão o essencial ficava por saber...

Isto está ruim para a agricultura...

Na Agrária as sementeiras deram... tempestades?

Na Tertúlia

O Ribeirinho, amigo de Viriato, andou no passeio por aí... e deixou-nos aqui o relato!

04/10/2005

Eclipse diferente

Olha, consta que houve pessoal que ali para os lados de Paços de Ferreira que viu o eclipse assim...

"(...) não estamos a viver um boa hora e temos todos de reflectir sobre isso, diz Peseiro(...) Todos?

Impressão ou expressão... destes tempos

Hoje de manhã a minha caixa de correio tinha uns panfletos sobre as eleições autárquicas á junta da minha "xanta terrinha", discretamente ali colocados pela calada da noite. Foi pena não ter dado conta pois já tinha o discurso ensaiado para perguntar a estes "fazedores de promessas" meia dúzia de coisas. Mas, nem tudo é mau. Acreditem que há poucas formas assim tão boas de começar o dia, como esta de receber a boa nova dos candidatos. E, ainda tentei mas não consegui evitar o sorriso. A fotografia dos candidatos à minha Junta de Freguesia é um momento inenarrável, absolutamente memorável. Parecem os desaparecidos, na página da Polícia Judiciária ou a página de necrologia do jornal do padre. Não se melindrem com este meu comentário mas acreditem que é um momento hilariante! Não dá para aguentar... mas se calhar é só um erro de impressão!

A pensar nas eleições ou talvez não!

E esta estava a pensar em quê? Ah, liguem o som...

Até me rebenta o figado...

Sobre isto aqui custa-me ficar calado. Prometi um "low profile" estes dias e por isso, só comento com isto e fica tudo dito!

03/10/2005

Questão de opção

Se comparo as duas condições mais opostas dos homens, quero dizer, os nobres e o povo, este último parece-me contente com o necessário e os outros inquietos e pobres com o supérfluo. Um homem do povo não saberia fazer nenhum mal; um nobre não quer nenhum bem e é capaz de grandes malefícios; um, só se forma e se exerce nas coisas úteis; o outro, acrescenta as perniciosas: ali, mostram-se ingenuamente a grosseria e a franqueza; aqui, esconde-se uma seiva maligna e corrompida sob a casca da polidez: o povo não tem espírito e os nobres não têm alma; aquele tem bom fundo e não tem boa aparência; estes só têm aparências e uma simples superfície. Será preciso optar? Não hesito: quero ser povo.
Jean de La Bruyére, in 'Os Caracteres'

Raio do eclipse...

Para vos dizer a verdade, hoje ainda estou meio eclipsado... só saiem ideias obscuras, safa!

Autarquias e Ambiente

"(...) Existe em Portugal um afastamento entre o poder local e o ambiente. Esta abstracção conjugada com atitudes de ofensa ambiental, motivam não só a desconfiança das populações, mas revelam muitas das vezes uma iliteracia ambiental que já à muito deveria ter sido colmatada pelas instituições responsáveis pela formação autárquica, pelos partidos que apoiam os candidatos ou por uma iniciativa pessoal mais responsável. Mas os efeitos desta vacuidade ambiental chegam mais longe. Um decisor local reconhece facilmente a necessidade de melhorar a mobilidade urbana, mas intimida-se quando tem de disponibilizar novos transportes públicos, horários mais adequados e percursos alternativos aos tradicionais. Vacila quando deve potenciar as áreas pedonais ou as pistas cicláveis em detrimento da circulação de automóveis. Esquece as medidas de desagravo das taxas municipais para os que têm veículos menos poluentes ou para os que produzem menos resíduos. Não cria mecanismos que permitam identificar e premiar as famílias que consomem menos água e menos electricidade. É permissivo à continuada aplicação de impostos para a circulação de automóveis talhados por uma cegueira económica que não considerou o efeito poluente dos veículos.Esta é simultaneamente a fotografia de chegada ao século XXI e de partida para mais 4 anos de um poder local que têm na mão metade da fórmula da sustentabilidade "Pensar Global, Agir Local". Naturalmente que o princípio da generalização é injusto mas é induzido por situações como as que ainda encontramos na organização da Associação Nacional de Municípios Portugueses, onde entre 9 secções temáticas, existe uma para os municípios taurinos e nenhuma que prepare as autarquias para os efeitos das alterações climáticas. (...)"
In
Jornal de Noticias

02/10/2005

A não perder

Ouço nas noticias o pessoal todo animado com o "clipes" do sol. No burgo o eclipse não será total mas vale a pena estarmos atento ao fenómeno. Olhem que, depois deste que acontecerá amanhã pelas 09h54 só teremos outra oportunidade em 2028 e depois em 2082. Quero ver se não perco nenhum!

Aqui fica um cheirinho... saibam mais aqui.

Coisas que me incomodam

Afinal, estamos no Outono ou o Verão teima em ficar? E, com o calor mais miseráveis incêndios nos rodeiam...