07/10/2006

Agenda cultural

Para a semana, no Teatro Viriato!

Memórias de Viseu... do Pedro



O VSB tem novo colaborador... Para já, no intervalo das suas escritas, deixa-nos esta memória de Viseu de 1889, da Casa Alfredo Borges e um postal! Ficamos à espera de mais!

A imagem no tempo certo!


Por aqui até tá gosto gamar umas fotos... e digam lá que uma imagem não vale mais que mil palavras?

Música ao vento

Até aqui, infelizmente, já se instalou a crise! Ao mesmo tempo, esta ideia da criação do Museu do Vento em Celorico é brilhante... imaginem a exposição duns quantos cabeças ocas que grassam pela região! Colocadas nos sitios certos até dará para fazer uma sinfonia com o vento e dessa forma, colmatar a eventual perda da Filarmonia das Beiras.

Em silêncio!

Dia 18 há capas negras pela cidade, em sinal de protesto!

Bica à borla


O Instituto Politécnico de Viseu tem no Foyer da Aula Magna mais uma exposição de pintura da autoria de Vieira dos Santos a inaugurar na terça-feira, dia 10 de Outubro pelas 14 horas. E, neste novo ciclo venha tomar café connosco continua a oferta da "bica".

Vultos de Viseu

Para a série fica este link aqui sobre Mirita Casimiro.

Votados ao fracasso

O deputado Helder Amaral defende e bem que "não se deve misturar o que é estar à frente de instituições importantes para o desenvolvimento da região com a vida política". Em comentários anteriores também já tenho criticado estas situações, pois, citando ainda o deputado, "é retirada a capacidade que as instituições deveriam ter. O que a região precisa é de um 'forcing' junto do Governo, não um momento político." É que, como estamos em contraciclo político entre esses responsáveis e o governo central,os tais momentos políticos, para além de não defenderem verdadeiramente os interesses da região, estão votados inexoravelmente ao fracasso!

Tem toda a razão o amigo beirão. Se não, atente-se no que se passa aqui: a intenção é louvável, mas dum lado e doutro a bitola é igual, fica-se sem se perceber onde começa o politico e acaba o economista ou onde começa o empresário e acaba o politico... Assim, citando o beirão, estamos votados inexorávelmente ao fracasso!

06/10/2006

É sempre tempo de aprender

Para ajudar umas mentes perturbadas com a nova Lei das Finanças deixo aqui este jogo útil para aprenderem as boas regras da gestão pública! Aviso já que obras faraónicas dão erro!

Adivinha!

Na sequência dos vários contactos havidos com o Instituto dos Arquivos Nacionais/Torre do Tombo e da visita do Ministro da Cultura, à Quinta da Cruz, delibera o Executivo Municipal disponibilizar, em condições a acordar em protocolo, a área de terreno para a edificação do Arquivo Distrital de Viseu, na referida propriedade municipal. A fim da agilizar o processo referente à prospecção geotécnica, levantamentos topográficos, definição de áreas de implantação, de acessos e de estacionamento, preparação e lançamento de concurso para execução dos projectos de arquitectura e de especialidades, o Município dará conta do teor desta deliberação aos Arquivos Nacionais.” Este é o teor da acta da reunião da Câmara Municipal de Viseu, realizada no passado dia 10 de Novembro, no que respeita à disponibilização de área de terreno para as novas instalações do Arquivo Distrital de Viseu.
Já lá vão quantos anos depois deste 10Nov? Conseguem adivinhar?
ET: Podem tentar aqui a resposta. Se funcionar (a esta data/hora está off)!

Há semestres que parecem décadas e meses que parecem anos...

Ontem, o município de Viseu deu um passo significativo na conquista de mais uma ambição antiga, anunciando o início da construção do Museu do Quartzo para o primeiro semestre deste ano. O equipamento pensado no âmbito da rede de Exomuseus da Natureza do Museu Nacional de História Natural (MNHN) ganhará raízes no monte de Santa Luzia, como pólo de divulgação científica para o público em geral e centro de investigação mineralógica. A obra aponta para um orçamento global de 2,9 milhões de euros. "Isto representa uma vitória, que parecia difícil de alcançar. Passaram dez anos desde que a proposta foi apresentada", confidenciou Galopim de Carvalho. "Este projecto custa um orçamento global de 2,9 milhões de euros e deverá arrancar, com obra efectiva, ainda no primeiro semestre do ano", afirmou o autarca de Viseu, Fernando Ruas, rematando: "Este é um passo para enfatizar a nossa preocupação pelo património natural".
Noticia no Público de Público de 01Fev05
O presidente da câmara municipal de Viseu esclareceu hoje que a construção do Museu do Quartzo já foi aprovada a nível do poder central, apesar de ainda não ter sido comunicada à autarquia a respectiva homologação. Fernando Ruas (PSD) afirmou quinta-feira que a construção do museu no Monte de Santa Luzia, em Viseu, vai ser entregue ao empreiteiro no dia 04 de Setembro, "mesmo que a homologação por parte do Ministério não chegue" entretanto. No dia 04 de Setembro, a obra será entregue ao empreiteiro - cuja identidade não foi ainda revelada - e que terá um mês para iniciar os trabalhos. A obra, com um investimento de um milhão de euros, é financiada na totalidade pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e contempla a construção do equipamento, recheio e documentação.
Noticia Lusa de 25Ago06

A obra já arrancou? Porquê uma diferença de 1,9 milhões de euros?

Um dia chega?

Durante a semana de 9 a 13 de Outubro irá decorrer a Campanha da Advocacia Preventiva, organizada pela Ordem dos Advogados. Esta acção que em Viseu decorre na Av. Alm. Afonso Cerqueira, 362 -1º termina na 6ª feira, dia 13 de Outubro, com a realização do dia da Consulta Jurídica Gratuita.
ET: Se tem dúvidas a colocar aproveite este dia... nos outros é a cobrar (e bem)!

Percebem o recado?

Existem sinais que nos obrigam a reflectir seriamente sobre se o combate a esse fenómeno [corrupção] tem sido travado de forma eficaz e satisfatória, seja no plano preventivo da instauração de dever e responsabilidade, seja no plano repressivo da perseguição criminal. A corrupção tem um potencial corrosivo para a qualidade da democracia que não pode ser menosprezado. E se de cima não chegarem os melhores exemplos – de seriedade, de integridade, de respeito pelas leis – é fácil os cidadãos deixarem de ter estímulos ou incentivos para pautarem a sua vida pessoal e profissional por padrões éticos de honestidade e de auto-exigência. Trata-se de uma interpelação que percorre todos os níveis do Estado, do poder central às autarquias locais.

Presidente Cavaco Silva in Discurso Oficial do 5 de Outubro.

Há mais Viseu na net

Viseu em cadernos pretos!

"Conselhos" de Viriatos

"Cada um custa ao Estado Português qualquer coisa como cinco mil euros por ano, pelo que devem, também por isso, trabalhar… e bem!"
Antas de Barros in DRegional
"É preciso muito trabalho e olho bem vivo, para que ninguém se perca no meio do caminho e possa levar o seu curso até ao fim, sem sobressaltos de maior!"
Nuno Santos, Presidente do Conselho de Viriato no mesmo jornal.
Dois discursos, a mesma louvável intenção... mas quase aposto que o Presidente do Conselho de Viriato tem tantas matrículas como anos de gestão tem o Presidente do ISPV! Será que me enganei?

É exactamente assim... e até pior!

A região perde por existir uma clara confusão entre os detentores de cargos políticos e de instituições. Enquanto houver associações conotadas politicamente, vamos continuar a assistir ao encerramento de fábricas ou, por exemplo, à não vinda da universidade para Viseu, porque as pessoas estão a fazer leituras políticas.
Helder Amaral in DRegional

Como em todo o lado...

Nestas feiras a vida está dificil! Já nesta a iniciativa afirma sucesso!

05/10/2006

Aqui perto...

Para este mês... Mais informação aqui!

Conselho de fim de semana

Com este tempo assim, isto até sabe melhor!

Viva a República!

É por estas e por outras que muitos, neste 5 de Outubro, até se afirmam capazes de preferir ser espanhóis! Eu prefiro a República Portuguesa, mas que me custa ler coisas destas... ai, custa! Ao mesmo tempo, estas também doem que se farta!

Prego a fundo

A "bossa do camelo" já começou a fazer estragos. A zona tem sinalização de 80Km/h e o radar ali instalado dispara, segundo me consta, aos 100Km/h e mesmo assim... 600 já pisaram o risco, e alguns até demais!

Postais da cidade... gamados!

Esta não resisti... Tive que a gamar aqui!

Ora, zus, truz, truz...

Ora aqui está a cantilena "a caminho de Viseu" ajustada à realidade...

Alguém sabe como?

E, como fazemos para obter esta revista?

Aproveitem que é de borla!

O Paulo Azevedo leva-nos aqui num lindissimo passeio a Viseu.

Assim até vou à missa!

É de registar esta preocupação, sem dúvida. Ao que parece, a julgar até por esta mensagem, temos um Bispo que não foge quando o rebanho é atacado pelos lobos!

Coisas de antigamente

Anexo anúncio da "Casa Africana" de 1942, na Revista Beira-Alta - 3º trimestre. Julgo, pelo que me lembra o AJ que a casa ainda existe, por isso, não entendam mal a publicidade!

03/10/2006

AJ, foste agarrado!

O nosso reporter foi apanhado em acção...

Do futebol na rede local

Dos grandes na "rede local" há sinais a verde, a encarnado e a azul. Mas até o site do glorioso no burgo anda desactualizado no burgo... os tempos não nos ajudam!

Não estudem que não é preciso!

Com cinco matrículas, o estudante nota que "o início do ano lectivo começou bem" e que a adesão dos caloiros também tem sido "positiva".
in DRegional

Arquiteturas locais

Sobre isto o Lucien Steil é capaz de ter qualquer coisa a dizer além disto...

Meteram água...

A Carolina saiu do CAF, foi para o Leixões e... se o pai descobre!

Politica de Viseu na net

O PSD local tem aqui um novo site. Com um grafismo agradável e com menus apelativos o espaço pese um ou outro aspecto de pormenor, como áreas ainda em construção, no global é de registar nos favoritos. Na mensagem não apanhei a ideia "Faço-o no montante em que lançamos um sítio na Internet" mas talvez seja do instante ou do momento... O site faz parte do programa da Distrital e nele consta que "será elaborada uma página do PSD/Viseu na Internet a qual deverá incluir um blogue e fórmulas de interacção com os seus visitantes". Esperemos pois, pelo blogue e pelas fórmulas de interacção... Na outra vertente este blogue parece ter encerrado o diálogo e mudou-se para aqui onde a última actualização aconteceu em Jun06. Em resumo, dum lado e doutro fica-me a ideia que a maior parte destas iniciativas morre na praia... áreas por concluir, desactualização permanente, inexistência de espaços de debate... mas também, para quem conhece os intervenientes, não é isso que nos deixa estranhos mas sim a sua completa falta de ideias para a região e a ausência de vontades para a tornar mais dinâmica e desenvolvida! Acho eu, mas posso estar enganado!

Oxalá assim seja!

Seria bom que sempre que estivessem em causa objectivos e interesses fundamentais da região todos falassem a uma voz! Resta saber se tudo não passará de mais um aproveitamento politico-mediático do caso, como já estamos habituados a ver acontecer no burgo. Para já,vamos acreditar, a favor das gentes de Nelas que a preocupação é séria e convêm não esquecer que em Portalegre o drama é semelhante!

Quadro de Viseu

Descoberto nesta galeria!

02/10/2006

Tempos difíceis se avizinham

Como a coisa já está má, toca a ajudar ao enterro!

P´ra começar... empate!

Eh lá, isto parece quase a novela da TVI!

Viseu-Coimbra em AE já!

O IP5 está mais seguro mesmo com esta mancha! E por aqui? Vamos ter que continuar a ler notícias destas?

Dá desconto nas propinas?

Eu nem no banho me safo... quanto mais aqui! Mas, pelo sim pelo não, quais são os beneficíos?

Atirando à figura

(...) ao meter cunhas a Cavaco Silva antes de a lei ser discutida e aprovada na Assembleia da Republica, Fernando Ruas não se limita a pôr o carro à frente dos bois, atira uma pedrada ao Parlamento!
in A Forma e o Conteúdo
E, por aqui era bom que fosse mas infelizmente não é!

Voo rasante

Esta é fácil de explicar... Então não sabes para que serve o Aérodromo Municipal de Viseu? E, querias que o Voo 93 viesse a Viseu? Por este andar e com a chuva que está nem o voo das andorinhas...

Fair play

Olha, as duas condições que colocas não são nada fáceis de reunir! A mim, pôes-me logo de fora, mas passo aqui a publicidade...

Linguagem uniformizada

Para aquela malta que fala uma linguagem cheia de estrangeirismo, os marketeers, o ISPV criou aqui uma ferramenta útil.

Nem com GPS...

Ora vejam lá se conseguem desatar este nó?

Cruzes... canhoto!

Esta parece começar a ser uma cruz com um longo calvário! E ainda a procissão não vai no adro!

01/10/2006

Postais da Cidade - 21

Jardim das Mães

Alguém sabe?

Que aconteceu a este jornal local? O site deixou de estar actualizado e nas bancas não o tenho encontrado!

Ranking Nacional

No estudo, elaborado em co-autoria por Paulo Mourão, professor do Departamento de Economia da Universidade do Minho, e o economista Júlio Miguel Barbosa, sobre as capitais de distrito portuguesas utilizando o mesmo método que o Fórum Económico Mundial utiliza para elaborar anualmente o ranking da competitividade mundial (Índice de Competitividade das Cidades Capitais de Distrito) Viseu surge em 11º lugar!
Para compor o índice de competitividade, o ICC, os autores utilizam quatro sub-índices, que medem a competitividade laboral, a empresarial, demográfica e de conforto e basearam os cálculos no Atlas das Cidades de Portugal, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística em 2002. Cidades como Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Aveiro e Guarda estão à nossa frente!