21/10/2006

Postais da Cidade - 24

A sede do município numa noite de natal...

Exposição no Teatro

Ranking das Escolas distritais

Pelo distrito o Ranking das melhores escolas, ditou o seguinte:

POS

ESCOLA

CONCELHO

39

Escola Secundária da Sé - Lamego

Lamego

51

Externato D. Afonso Henriques

Resende

57

Escola EB 2,3/S de Oliveira de Frades

Oliveira de Frades

82

Escola Secundária de S. Pedro do Sul

São Pedro do Sul

93

Escola Secundária Alves Martins

Viseu


e as piores foram:

POS

ESCOLA

CONCELHO

456

Escola EB 2,3 de Penalva do Castelo

Penalva do Castelo

493

Escola ES/3 D. Egas Moniz

Resende

506

Escola Sec Prof Dr Flávio F Pinto Resende

Cinfães





Esclarecer consciências?

Com tanto Bispo por aí, a Igreja tinha que entregar ao de Viseu esta missão ingrata!

Confirma-se

Afinal o Day After entra mesmo em obras...

20/10/2006

Recordações de Viseu

Pago a tempo e horas... do Sá Morais!

Tortulhos à moda do AJ


Com o tempo que vai... o AJ deixa-nos esta sugestão!
*
Tortulhos
Sal q.b.
Faça umas boas brasas.
Lave os tortulhos, tempere-os com sal e coloque-os na grelha para assar.
Página 62
*
Título: “Cozinha da Beira Alta, memória e tradição”
Autor: Ana Viale Moutinho
Prefácio: José Viale Moutinho
Capa: João Alberto
Arranjo Gráfico: Sarah Goes
Editor: Colares Editora – Sintra, Portugal
Ano edição: 2005

Aplique-se a norma

Do amigo beirão, recebi estes elementos sobre o PIDAC de 2007:

Distrito Concelho
Aveiro 127 50,4
Évora 82 7,5
Vila Real 70 4,9
Guarda 68 1,7
C Branco 63 9,8
Viseu 60 2,2
Leiria 50 2,8
(em milhões de euros)

e o seguinte comentário:
"É evidente que não se deve ler de uma forma simplista, mas a tendência não engana. Continuamos a ser uns privilegiados..."

Loto no Day

Os Loto estão este fim de semana no Day After... Consta que o Day dá prejuizo e vai fechar para obras, será?

O que é demais enjoa

Despois da pedagogia o melhor mesmo é avançarmos com a "medida grossa"! É tempo de se acabar com estes "comportamentos" no burgo! Custam dinheiro ao erário público, provocam prejuizos e acidentes, destroiem o que é de todos... há que punir quem toma tais atitudes!

19/10/2006

Tirem as conclusões!

Dum lado isto... do outro isto!

Positivo e negativo

É de louvar a paciência e preserverança deste autarca... É de condenar o vandalismo que conduz a cenas destas e a inoperância das autoridades perante o facto!

Alegrias e tristezas... na democracia das cores!

Enquanto por aqui as primeiras reacções são de preocupação e descontentamento, já aqui ao lado a coisa nem correu mal! Porque será? Não estamos também no interior?

Agir ou reagir?

Volta que não volta lá saímos nos nacionais... com direito a video e tudo! E, depois da "bernarda" já o assunto ficou resolvido... reagir em vez de agir!

Recebida por email... para descontrair

Sabem que nome se dá à zona da barriga da mulher, que agora anda muito à mostra?
Faixa de Gaja...Porquê?

Porque abaixo fica a terra prometida!

18/10/2006

Postais da Cidade - 23

Biblioteca Municipal - Foto de Pedro Simões

Caminhos perigosos e dificeis...

Não nos iludamos porque estamos numa situação em que vigora a “tirania das circunstâncias”: é secundário se se é de direita ou de esquerda, liberal ou conservador, representante da economia de mercado ou do socialismo. O mais grave problema que enfrentamos hoje é o do Estado: não se sustenta com a economia que temos e outra é irrealizável em tempo útil. Resta repensá-lo e reorganizá-lo.
Medina Carreira. + aqui.

Gostos não se discutem... ou discutem?

Tens toda a razão... à noite ganha outra vida! Mas olha que até de dia é bonita!

Onde tem morado, Sr Padre?

A sociedade portuguesa tem de assumir que existe pobreza extrema no nosso país", afirmou ontem no burgo o padre Agostinho Jardim Moreira, presidente da Direcção da Rede Europeia Anti-Pobreza. Mas isso, já nós sabíamos há anos a esta parte! Queríamos era que esse flagelo não existisse na região e em nenhuma outra parte do mundo!

Que havemos nós então de dizer?

Cunha Lemos disse estranhar o facto que apesar do futebol viseense ter entrado numa fase de grande desenvolvimento e de ter boas estruturas, a que não faltam excelentes acessibilidades e muito potencial futebolístico, não haver uma aposta séria para que a região possa ter um clube de referência nacional, ou seja, a disputar a prova mais elevada do futebol português.

Contrariando a norma

O Instituto Politécnico de Viseu (ISPV) preencheu 1.022 das 1.385 vagas disponíveis, depois das colocações da segunda fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior. Este resultado "pode ser o melhor de sempre". São bons sinais estes para o meio universitário viseense!

A ignorância é audaz; a sabedoria, reservada

Mais um que disse o que disse, que não era bem o que disse, que era em sentido figurado... enfim! E, azar dos azares, tinha que ser personagem cá do burgo! Pois, eu cá digo e afirmo sem qualquer sentido figurado que atitudes e expressões destas são absolutamente vergonhosas! Isto não é educar... é grosseria! E, mais não digo pois como dizia o velho filósofo "aquele a quem a palavra não educar, também o pau não educará"!

Esta semana no Teatro Viriato

17/10/2006

Sopa faz bem...

Vem aí a sexta edição do Festival da Sopa (ou do Caldo), que se realiza dia 28 de Outubro no pavilhão do Inatel, em Viseu a partir das 18horas. A iniciativa volta a ser da Confraria Gastronómica Saberes e Sabores "Grão Vasco" e dos serviços de animação cultural do Inatel. Cada visitante entrará no recinto munido de um kit, com a malga, copo, colher e guardanapo.

Viseu a cores

Continuam a aparecer cores de Viseu no caderno preto!

Mas, ainda há dúvidas?



Ainda sobre a gestão dos dinheiros públicos e sobre as empresas municipais, aqui ficam estas imagens... lembram-se onde estiveram antes aplicados estes elementos informativos? Ontem estavam a dar cor à Feira de S. Mateus, hoje, estão aqui, ali mesmo à beira da estrada de Coimbrões, feitos lixo! Para o ano fazem-se uns novos... E, assim se valida a excelente gestão duma empresa municipal!

A discussão da noite à luz do dia

Hoje pela blogosfera local as perguntas andam à volta dos prós e contras! No nacional são tantos posts que nem sei por onde começar...

Outros tempos

Aqui fica uma memória da bola doutros tempos, cá pelo burgo! Aqui o resultado foi outro! Deste CAF restam as memórias... e a SAD!

Livros da semana

Esta semana o autor do polémico livro "O Último Papa" (ed. Saída de Emergência), Luís Miguel Rocha vai estar na livraria dia 18 às 21:30 para uma conversa e sessão de autógrafos.
No dia seguinte, dia 19 pelas 21:30 é a vez do lançamento do livro "estórias da vida encantada", com a presença da autora Fátima Freitas.

16/10/2006

Ajuda democrática

Sobre isto vai aqui, aqui, aqui e aqui (não cliques no Hélder pois tens uma surpresa!) e inunda-lhes a caixa de correio... não sei é se terás resposta!

Quem sabe, sabe! Quem não sabe, fica triste!

Este vizinho é bem mais pequeno mas dá muita lição a grandes que se apregoam de exemplos de modernidade adminsitrativa. Vejam o site e comparem... A diferença não reside nos orçamentos, reside no "saber fazer"!

Peregrinações da Via Sacra

Na voz do povo a discussão anda à volta do Prefeito da Via Sacra. O Colégio foi fundado em 1908 pelo Reverendo Cónego António Barreiros, homem dotado de uma inteligência superior e de qualidades artísticas e humanas ímpares e foi erigido no desígnio de acolher jovens advindos de variadas terras da região beirã para cursarem o liceu, na cidade de Viseu. No último quartel do século XX, o Colégio sofreu sucessivas reestruturações, funcionando, durante largos anos, em regime de internato e externato masculino, situação que viria a ser alterada a partir de 1998, data de celebração com o Estado português de um Contrato de Associação, que tornou o ensino gratuito. Extinguiu-se o modelo do internato e voltaram a frequentar o ensino do Colégio rapazes e raparigas. Ao longo de aproximadamente cem anos, a Instituição procurou responder aos desafios educativos dos tempos. Milhares de jovens, à sombra da sua acção formadora, aprenderam a ser, a estar e a saber, conforme preconizava o fundador. Hoje, espalhados pelos vários sectores da vida profissional, estes antigos alunos não escondem a honra e o orgulho de terem passado pelo Colégio da Via-Sacra. Hoje o Colégio tem excepcionais instalações e até um Pavilhão Desportivo que transforma o Pavilhão Municipal do Fontelo numa autêntica vergonha (já o era antes...)! Quanto à discussão do Prefeito... o Colégio não tem culpa, julgo eu! A mãe que o criou, talvez!...

Projectos de futuro

O projecto JOVENS REPÓRTERES PARA O AMBIENTE é um projecto de Educação Ambiental promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa, Secção Portuguesa da Fundação de Educação Ambiental (FEE). A nível internacional encontram-se envolvidos neste projecto alunos e professores de 17 países que constituem a actual rede Young Reporteres for the Environment (YRE). Este Projecto que decorre em Portugal desde 1994, destina-se fundamentalmente aos estudantes do Ensino Secundário, pretendendo contribuir para uma preparação dos jovens para o exercício de uma "cidadania activa" na defesa do Ambiente, através da sua participação nos processos de decisão. Este ano a iniciativa é apadrinhada a 16 e 17 de Novembro pela Escola Mariana Seixas em Viseu.

Bla bla bla...

Aqui "os participantes no 1º Congresso Nacional de Combate ao Insucesso e Abandono Escolar, que terminou hoje em Resende, Viseu, concluíram que para combater o problema é preciso “pensar global e agir local”. Em debate neste encontro estiveram as causas e consequências do absentismo, insucesso e abandono escolar." Será assim?
Este aspecto está relacionado com o que hoje se denomina de "glocalização", uma mistura de duas palavras e dois significados - global e local. Os objectivos também mudaram concomitantemente. Fala-se hoje na “mudança de paradigma” por todo o lado, e de “buzzwords”, como o “capital intelectual” e a “economia baseada no conhecimento”. A última década ficou marcada pela célebre máxima “pensar global, agir local”, que levou a um neologismo, o “glocal”, algo difícil de escrever e mais complicado ainda de dizer. Mas este termo paradoxal marcou a forma de agir das elites cosmopolitas, permitindo-lhes ter uma visão internacionalista, sem perder de vista o terreno concreto onde actuam económica, social ou até politicamente. Muitas das reformas e modernizações, ainda que temperadas com as cores locais, têm ganho a sua força nesta postura ideológica. Paradoxo dos paradoxos, o êxito da globalização, do cosmopolitanismo e da comunicação na rede das redes, está a gerar o renascimento e redescoberta dos valores próprios pelas elites, as quais ambicionam, agora, afirmá-los globalmente. "Como o mundo está cada vez mais global, tendemos a pensar cada vez mais localmente. O velho motto está a ser colocado de pernas para o ar. Agora é a vez de «pensar local e agir global»", diz o futurólogo Naisbitt no seu mais recente livro Rethinking the Future. O futuro dirá qual o neologismo correcto, se glocal ou, isto é, se a solução será “pensar global e agir local” ou “pensar local e agir global”, o que num caso ou noutro, impõe à globalização uma equação local! Terá então o congresso de Resende razão? Não seriam melhor abandonarem os chavões e procurarem medidas concretas e pragmáticas que combata o absentismo e o insucesso escolar dos jovens?

Na Egosfera

Qual a diferença entre Ecovia e Egovia? Não sabe? O prof explica!

15/10/2006

Recordações de Viseu

Garagem do Senhor Lopes - a Garagem Lopes que já mudou de dono e deixou de ser propriedade de Viseenses. Anúncio na Revista Beira-Alta: Volume I, Fascículo IV, 4º Trimestre, ano de 1942. Memórias vindas do baú do AJ
E estas em baixo vieram por email do baú do Sá Morais, o Pedro nosso escritor!

É o que temos...

Tens toda a razão! A falta de visão critica só alimenta a mediocridade mental... nivelar por baixo não é caminho, é engano puro!

Até é de desconfiar!

De quando em quando lá vão surgindo sinais positivos para a região, quer do lado do Estado quer dos privados!