17/10/2009

Coisas úteis

Partilho convosco este Guia do Consumidor! Nunca se sabe quando não precisaremos dele!

Logo hoje que ia andar...

Mau... o funicular já anda a avariar? Na dúvida, não pise a linha!

Como te quedas?

... una picheleira (...) que se está muy a gusto por estas tierras!!

As miúdas da gaita...

São de Viseu e já tocam a gaita há mais de um ano...

16/10/2009

Obrigatório ler... e reflectir!

Também eu gostava que Viseu 2020 fosse assim!

Publicado o aviso!

Senhores professores de Viseu, tomem atenção às novas regras!

Boato ou realidade?

Consta que vêm aí os radares de controlo de velocidade para algumas artérias e locais da cidade!

15/10/2009

Quinta do Galo, de dia e de noite!

Quinta do Galo, o Alex jovem e sonhador avançava ontem lentamente pela rua e só se apercebe dos 3 mafiosos quando se vê obrigado a esvaziar os bolsos! Aliviado do susto e dos 10 € que transportava, encontra nessa noite o amigo Joca e desabafa com ele! Rápido percebe que, também o seu amigo tinha sido nessa noite, a caminho das aulas, alvo de assalto no mesmo bairro por um grupo de 3 meliantes! E assim vai correndo a vida na cidade!

Moralizar o sistema é urgente e necessário!

As câmaras municipais deverão adoptar até ao final do corrente ano um plano de prevenção dos riscos de gestão, incluindo os de corrupção, revelou o presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP). (...) Fernando Ruas, acrescentando que nesse «Plano-Tipo» foram identificadas as cinco áreas mais sensíveis, as que poderão gerar mais riscos, que são a contratação pública, concessão de benefícios, recursos humanos, gestão financeira e urbanismo. (...) De acordo com o dirigente, igualmente presidente da Câmara de Viseu, que conta pôr em prática o plano a partir do próximo mês, com estas medidas os municípios dão um «sinal de protagonismo, e mostram que estão claramente na liderança» destas questões, que «são transversais às sociedades e aos Estados».

Já foi ao Fontelo esta semana?

A escolha está feita!

O PSD "não pode estar oito a nove meses à espera com uma liderança ferida". A opinião é do deputado eleito por Viseu, Almeida Henriques, que defende "não haver condições" para Manuela Ferreira Leite levar o mandato até ao próximo ano.
(...) "Não me parece que existam condições para levar o mandato até Maio, viver-se-ia um período de agonia que impediria assumir uma liderança da oposição, dando espaço à direita e à esquerda", sublinha, lembrando que o PSD "não pode estar oito meses à espera porque tem um grande percurso a percorrer e reconquistar o que perdeu".
(...) Face a este cenário, Almeida Henriques propõe como "protagonista e uma boa opção" o apoio a Pedro Passos Coelho, aguardando mais decisões para o Conselho Nacional que se realiza na próxima semana.
in DRegional

A sociedade do Rei

Saiba mais aqui!

Ainda se lembram do que foi dito na campanha?

Viseu é uma das 38 autarquias no país que têm um peso excessivo dos impostos sobre o património (IMI e IMT) nas suas receitas. Consulte aqui a lista com os 38 municípios. Apesar de serem só 38 casos num total de 308 autarquias, "a situação "aproxima-se do limiar crítico", na medida em que estes municípios são os mais populosos, albergando 3,87 milhões habitantes, que correspondem a 39% da população do país", diz o relatório...

14/10/2009

Os melhores anos em Viseu!

Bailarino pés de chumbo oferece pisadelas inesquecíveis em troca de bilhete para a festa "Chic" de Viseu! Envie contacto (e gorjeta, sff) por email!

Depois das eleições...

Fernando Ruas, presidente da ANMP e autarca de Viseu, alerta que "a previsão inicial" é que "a revisão dos regulamentos terá um impacto de subida" das taxas municipais.

Há mais Viseu na net

...e fala das sete maravilhas da nossa Cidade!

Rota do Vinho do Dão

Tudo nestas paragens são grandezas”, escreveu José Saramago a propósito da região onde se produz o milenar vinho do Dão. (...) Terá sido no Dão, na aldeia de Tourigo, que nasceu aquela que é por muitos considerada a rainha das castas tintas portuguesas: a Touriga Nacional. Queijo, cabrito, presunto, enchidos, preenchem um longo e saboroso cardápio gastronómico.

A segurança tem preço!

13/10/2009

Argumentos não lhe faltam!

A ex de CR9 aka "Obama with tits" vai estar no burgo, dizem-me! Ao que consta a espanhola vem porque "não perdia por nada o cachet e muito menos a oportunidade de funicular numa cidade tão bonita como Viseu".

A vida não está fácil... nem para quem é jovem!

A julgar pelo email, tanto quanto posso perceber, é jovem, licenciada e que também escolheu Viseu para viver e por mais que procure não tem encontrado na cidade resposta para a sua realização pessoal. Para operadora de caixa do Jumbo dizem-lhe ter qualificações a mais... apesar disso não desiste e procura dar sentido à sua vida e por isso me pede ajuda para divulgar estas suas iniciativas (check-up, curso, ficha)! Aqui fica junto com o desejo de boa sorte!

A vitória tem mil pais, mas a derrota é orfã!

Os deputados do PSD Viseu pela letra de A. Henriques (alguém sabe do Arnaut?) já expressaram o seu comentário sobre as eleições autárquicas! Os outros partidos ainda devem estar a tentar perceber as razões da derrota!

Os serviços do Estado em Viseu

(...) Assim, nomeio para o cargo de chefe da delegação Regional de Viseu o engenheiro agrónomo, da carreira técnica superior, Jorge Manuel Ferreira Brites, em comissão de serviço, pelo período de três anos...

Porque hoje é dia de Feira

Ruas, o inevitável

"Levar o Rossio às aldeias", prometeu em tempos o economista Fernando de Carvalho Ruas, eleito pela primeira vez presidente da Câmara Municipal de Viseu nas eleições autárquicas de 1989. Cumprem-se este ano duas décadas desde o início de um longo e fastidioso consulado que não nos deixa motivos para celebrar: vinte anos de afastamento das aldeias do Rossio; vinte anos a confundir crescimento com desenvolvimento; vinte anos de contemplação passiva do estertor do centro histórico; vinte anos de ausência de uma política cultural; vinte anos de desordenamento urbanístico; vinte anos de prepotência e arrogância; vinte anos de tudo e vinte anos de nada... vinte anos perdidos.
Perante a manifesta incapacidade de definir e implementar uma verdadeira política de cidades, Fernando Ruas refugiou-se sempre na provinciana ilusão do progresso e da modernidade alcançados pelo betão indiscriminado. "O que o povo quer é obra", afirmava Ruas na campanha para as eleições autárquicas de 2005. Realizar obra a todo o custo, nem que para isso seja necessário construir um Pavilhão Sem-Usos ou o Funicular do nosso contentamento, eis o anacrónico e obstinado modelo de governação da Câmara Municipal de Viseu nas duas últimas décadas.
Ao longo de todos estes anos, é na Assembleia Municipal que a genuína essência do nosso autarca se tem revelado em todo o seu esplendor: o culto da boçalidade como marca distintiva de muitas das intervenções protagonizadas pelo senhor presidente e pela sua trupe. Entendimento diferente tem, no entanto, a Société Académique des Arts, Sciences et Lettres de França, que decidiu recentemente atribuir uma medalha de ouro a Fernando Ruas pela sua acção inequívoca nos campos das artes, ciências e letras. Já anteriormente, o mesmo Ruas havia sido distinguido por uma universidade polaca e pelo Instituto Camões pelo seu contributo para a dinamização da Língua Portuguesa. Afinal, o que faz este incansável guerreiro humanista numa humilde Câmara Municipal?
Em 2004, Fernando Ruas via uma vez mais gorada a sua velha ambição de ascender ao Governo da República. Quando Santana Lopes preparava a constituição de um efémero elenco de dispersão geográfica, o nosso autarca em vão sugeriu que o Ministério das Cidades ficaria muito bem em Viseu. Talvez esta permaneça ainda hoje como a maior frustração da sua longa carreira política.
A eleição consecutiva de Fernando Ruas como presidente da Câmara Municipal de Viseu durante duas décadas é um fenómeno sociológico de difícil explicação. O Ruísmo emerge e sustenta-se num contexto local muito peculiar: por um lado, o meio envolvente, caracterizado por uma sociedade tendencialmente acomodada, pouco exigente e pouco participativa; por outro, a inércia e a ineficácia da oposição política que se encarrega de destruir a esperança que renasce a cada acto eleitoral.
O primeiro adversário assumido para as eleições autárquicas deste ano, Miguel Ginestal, é um repetente para cumprir calendário. E a prometida juventude deste candidato socialista não passa de um argumento falacioso e desonesto. Ginestal, assim como o patriarca Junqueiro, faz parte da "tralha guterrista" que desde 1995 se passeia pelos corredores do Parlamento. Catorze anos de apagada actividade parlamentar não auguram a necessária frescura de discurso nem a renovação de ideias e de protagonistas de que Viseu tanto precisa.
Pobre região aquela que conta com tão ilustres e perenes elites políticas. O duradouro reinado de Fernando Ruas é uma verdadeira tragédia grega à moda de Viseu. No entanto, trata-se de um acontecimento realisticamente inevitável e fruto das circunstâncias. Um triste fado que só a lei de limitação de mandatos - em 2013 - será capaz de fazer passar à História.
João Simões (texto de opinião, Ago 2009)

Paixão pelo nosso Vinho do Dão

O desperdício de hoje faltará amanhã!

A praia ainda não está projectada mas ao que parece a água aqui já corre!

12/10/2009

Aqui há gato...

... mas aqui parece haver rato!

Apoie o Cantinho

Está a chegar a época do frio e, é preciso ajudar o nossos amigos de 4 patas a ultrapassar o frio... Mesmo que não queiram contribuir com dinheiro, porque a crise ainda não passou, há sempre mantas, cobertores e tapetes velhos que até estorvam lá em casa, e que são muito bem vindos pelos nossos amigos. Ajude o Cantinho dos Animais Abandonados de Viseu!

Destaque do dia

A Escola de Cães-Guia de Mortágua assinala este mês o seu 10.º aniversário. Única em Portugal, criada em 2000 pela Associação Beira Aguieira de Apoio ao Deficiente Visual (ABAADV), a escola tem como lema "O cão-guia é entregue gratuitamente ao cego". Para assinalar o seu 10.º aniversário, a escola vai realizar, no dia 17, um sarau musical onde actuarão Ricardo Martins, o grupo Cantar'te e o Coral Juvenil Sílvia Marques.
in DRegional

Contra factos...

O distrito em cores partidárias

11/10/2009

Viseu 2009

Fernando Ruas ganha como se esperava a presidência da Câmara Municipal de Viseu. Repete a vitória e alarga a margem para 7-2! Francisco Mendes da Silva não vai fazer ouvir a sua voz e nisso Viseu fica a perder!

Foi assim há 4 anos!

Em dia de eleições

Cá pelo burgo, as eleições correram normalmente! Fernando Ruas que contou com dois votos especiais também exerceu o seu direito pela manhã, descansou durante a tarde e aguarda pelos resultados para fazer da noite uma festa! Daqui a instantes publicaremos a primeira previsão!

Hoje...

Levante o rabo do sofá e vá votar! Se não sabe onde o fazer, procure aqui!

Será que já acertaram o caminho?

O Académico Viseu venceu a formação açoriana do Vitória do Pico por 2-0, no jogo antecipado da 13.ª jornada da II Divisão do futebol português e ocupa agora o 9.º lugar, com 6 pontos!

Porque raio me lembrei desta publicidade?

video