18/12/2010

Última hora

Finalmente ao fim de 26 anos é anunciada a mudança na Expovis. É um quarto de século de coisa nenhuma que nem deixam saudades nem exemplos a seguir. Agora espera-se duas coisas: uma, que o "afastado" venha a público cuspir no prato onde comeu em defesa dos interesses instalados e a outra e, mais importante, que o "sucessor" traga novos ares e novas dimensões culturais à cidade.

17/12/2010

Como S. Tomé...

O presidente da Câmara Municipal de Viseu, Fernando Ruas, não se opõe à possibilidade de o Centro Nacional de Operações de Socorro (CNOS) alternativo não ser construído no Aeródromo Municipal, como estava inicialmente previsto, mas ficar situado nas futuras instalações dos Bombeiros Voluntários de Viseu, no entanto, mostra-se céptico quanto às intenções do Ministério da Administração Interna.
in Diário de Viseu

16/12/2010

Toma lá, dá cá!

A politica local continua a resumir-se à simples troca de galhardetes na praça pública. E, como nada acontece por acaso por certo que, o reiterado ataque que o PS local realiza à figura de Almeida Henriques na qualidade de Presidente da AM, quando este até assina os textos de opinião como Vice Presidente do PSD, deve ter algum objectivo mas tem muito pouco de estratégia, a meu ver. Na politica, como na vida, quando se têm visões alargadas discutem-se ideias mas as mentes curtas só conseguem discutir as pessoas!

Uma migalha, uma foto!

Infelizmente a miséria e a fome continuam a fazer noticia, assumindo uns que desta forma evitando os oportunistas se combate a pobreza... e os que com isso colhem louros e tiram fotografias serão apenas altruístas?

Uns e os outros

Isto pode não ser trabalho da EDP mas é por certo obra de quem pouco respeito pela vida dos outros.

Queixas só por escrito

Pelos vistos já todos deram conta do problema... para não variar a PSP de Viseu não sabe de nada!

Reduzir para melhorar ou concentrar para piorar?

Este Decreto-lei reorganiza o âmbito das seguintes entidades públicas empresariais: (...) (iv) Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E., por fusão do Hospital Cândido de Figueiredo de Tondela e Hospital São Teotónio, EPE, de Viseu.
Deste modo, (...) fazendo convergir a melhoria da prestação de cuidados de saúde, a universalidade do acesso e o aumento da eficiência dos serviços (...) reduz-se a estrutura orgânica, administrativa e funcional das unidades de saúde envolvidas e introduzem-se mecanismos para uma organização integrada e conjunta, que tornam mais eficiente a gestão hospitalar das unidades de saúde envolvidas.

15/12/2010

Fica o alerta

O bispo de Viseu quer acabar com a existência das redes “organizadas” de pedintes à porta das igrejas em dias de culto. D. Ilídio Leandro chamou a atenção para esta realidade, lembrando que os “pedintes”, mais não são que “funcionários” de uma rede organizada que andam a “explorar” a sensibilidade de quem abordam.

14/12/2010

Quem tem bons mestres, depressa aprende!

Continuam aqui os exemplos de provincianismo... chegam ao poder e dá nisto, ofuscam!

Fisioterapia para Viseu

A falta do serviço de Fisioterapia em Viseu tem causado muitas dificuldades aos doentes que precisam deste serviço. Acresce que Viseu é o único distrito onde o SNS não tem acordos desta natureza com as clinicas privadas o que obriga os doentes a terem que se deslocar a Gouveia, Coimbra, etc. Para ajudar a alterar este estado de coisas subscreve a petição.

À atenção do comércio local

13/12/2010

Jovens, informem-se!

E de 15 a 17 de Abril Viseu será mais "jenial".

Se é assim é mais que grave (actualizado!)

A ser verdade o que por aqui se conta merece ser não só denunciado como identificados o(s) responsável(eis) para que tal não se repita... e não é preciso estarmos em crise para entender que estragar comida é um crime num mundo onde ainda há, infelizmente, crianças a morrer à fome!
ET: Depois deste post aqui no VSB a localização original foi apagada. O autor do blog alertava para diversas irregularidades na Cruz Vermelha de Viseu referindo que da campanha de recolha de alimentos realizada se tinham deteriorado os géneros por não terem sido canalizados em tempo para quem deles mais precisa. Porque terá sido apagado o post?