14/09/2011

Faça-se luz!

E a pergunta de novo ao Sr Presidente da Câmara é: