12/10/2011

Votos de silêncio

Não é de estranhar esta postura de João Azevedo contra a introdução de portagens na A25 pois honra lhe seja feita tem mantido nesta matéria a mesma coerência até nos tempos em que o seus camaradas de Partido assinavam ruinosas negociatas das SCUT´s. O que se estranha é o silêncio daqueles que foram eleitos para defender os interesses da região excepção feita a Arménio Santos, preocupado em saber o prazo de conclusão das obras das pontes do IP3, até porque aquela ligação pelas vezes que o mesmo a utiliza não deve justificar uma Auto-Estrada portajada... a pagar já chegam as SCUT´s para os que cá moram!