09/12/2011

Ainda há latoeiros em Viseu

Começou por despejar o lixo numa latoaria. Tinha, então, 11 anos. Com o tempo, ao qual juntou a dedicação, fez-se latoeiro artesão. Isto quando a latoaria e a reparação de utensílios para obras deixaram de ser actividade rentável. Hoje, contígua à oficina, António tem uma loja onde vende os candeeiros, cata-ventos, escalfetas e outras peças que cria com o saber adquirido em mais de meio século de ofício.