27/02/2012

Se não foi assim sonhei!

Teve lugar esta sexta mais um tesourinho deprimente da politica local no Solar dos Peixotos com Lúcia Silva a realizar um exercício mental de grande abstracção da realidade procurando justificar e desculpar as renuncias dos vereadores uma a uma dando até no espaço politico razões de ordem sentimental e alertando até para o facto de "os nossos vereadores não ganharem nenhum salário, ao contrário do que as pessoas possam pensar. Ganham uma insignificância em senhas de presença!" Tempo ainda para uma intervenção sobre a reforma administrativa que não aprova mas para a qual não tem alternativa rebentando-lhe na mão a bomba que descavilhou!
Do outro lado Filipe Nunes, que se fez rodear de apoiantes e acusado de ter avançado cedo demais com a sua candidatura não apresentou doutrina firme em relação às primárias — "se o partido não aprovar as primárias, nós não fazemos" — mostrando assim uma falta de convicção penosa com o senador Junqueiro a dirigir os trabalhos com paciência franciscana e o Joaquim Alexandre preocupado com a terceira república e não com as palmas das claques"!
Registadas as faltas de Miguel Ginestal, a entrada em cena e retirada na hora de João Cruz... e isto até à 1:46 da manhã!