17/06/2012

Mais pobre e mais rico!

Amigos leitores e viseenses, estou de regresso! 
Volto à vossa companhia mais pobre porque me falta o ombro sereno do meu pai onde tanta vez e sempre encontrei conforto para os meus desabafos e as soluções dos meus problemas.
Estou mais rico não pela herança material porque essa nunca foi a sua preocupação nem a minha garantia de subsistência mas sim pela formação, memória, gosto pela vida e bom nome que me deixa e que procurarei sempre honrar. Lembro-me de um dia me ter dito que quem planta flores o faz apenas por uns dias, quem planta árvores o faz por séculos mas só quem planta no coração daqueles a quem ama o faz com a garantia da eternidade. Foi isso que fez comigo!
Bem hajam pelo vosso alento e mais ainda pela vossa amizade.
Agora é de novo tempo de discutirmos e pensarmos o concelho. Vamos a isso!