10/09/2012

Depois do rescaldo feito...

"As lacunas de meios humanos tornam completamente desactualizado, não aplicado à realidade e na prática não existente o PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA, obrigatório por lei, o que equivale à demissão de funções do responsável máximo pela Protecção Civil Municipal, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu."
Comunicado do BE sobre o degredo dos fogos florestais da semana passada no concelho. Ler mais aqui.