25/09/2012

E que tal uma geminação com Dili?

Um cidadão que procure por estes dias enviar um email à Assembleia Municipal recebe de volta a informação da foto abaixo. Para quem vê "em cada viseense há um activo para o presente e para o futuro e congregar essas forças no concelho é um desígnio permanente, urgente e estratégico” fica quase tudo dito!
E o resto fica confirmado quando for aqui procurar as actas da AM e a última que encontra é a de 27 de Fevereiro de 2012. Assim fica difícil confirmar a veracidade e em que contexto terá Fernando Ruas na última AM e no seu habitual estilo de lançar pedradas em sentido figurado, proferido a insinuação gratuita que "alguns andaram em turismo militar por Timor". Sem ser pretensioso vou aguardar que publiquem as actas para o perceber. Custa-me a crer que Fernando Ruas que, como turista autárquico acumula milhas de voo e locais difíceis de igualar por qualquer militar, se tenha referido a mim e mais me custa a crer que tenha proferido tal disparate em relação a algum dos soldados que me acompanharam na missão do Batalhão que deixou marca positiva e inquestionável da cidade e dos Viseenses em Timor aquando das eleições livres daquele País em 2001. Se porventura o fez em relação à minha pessoa esqueceu-se o Edil de mencionar as minhas "férias de 6 meses no Iraque"... aí sim, até na piscina do verdadeiro Saddam podia ter dado uns ricos mergulhos e nas casas de banho do Palácio muito me lembrei que ele também gostaria de ter visto, e replicado em Viseu, tal sumptuosidade. Afinal de contas "somos a Finlândia da velha Europa".