19/10/2012

Fazer piscinas...

Está o “caldo entornado” entre a secção de natação e a direcção do Académico de Viseu, tal qual se pode perceber pela troca de mimos havida na comunicação social. A discussão já chegou às redes sociais e mantém-se à tona da água!



Quando hoje à tarde alguns amigos me ligaram a dizer que havia um comunicado, numa página do AVFC no Facebook, a referir-se à natação em prosa menos própria, fui ler...
Depois de ler e sendo leitor de tal página, comentei. Após comentar, fui excluído e o comentário apagado.
Sou sócio do Clube há muitos anos, para ser excluído, tal página nada terá de oficial por certo.
Ainda assim, em tal missiva referiam que havia ordenados "principescos" pagos a dirigentes na secção. Apenas eu e os meus colaboradores de treino somos remunerados e não somos dirigentes.

Falavam em dividas da secção.
Há uma, ao SMAS, proprietário das piscinas e com o qual o Ac.Viseu tem um protocolo.
Tal divida está negociada e à espera de uma verba destinada à secção, desde Maio ultimo, que imagine-se está na posse da direcção do AVCF, dito hoje no tal comunicado.
Pelos vistos a solução para essa divida está à vista.
Em julho ultimo, a minha equipa, que foi ao Jamor disputar o Nacional de Verão, dormiu no chão de um apartamento(quem recebe ordenados "principescos" não deveria dormir no chão, mas...), emprestado por um familiar de uma dirigente(Juvenis/Juniores/Seniores).
Não vou falar dos resultados, porque não preciso, são publicos e fáceis de consultar, falando naturalmente por si. (O transporte foi feito em carros particulares, mais uma vez)

No final da missiva falavam nuns trilhos...
Pergunto eu:
Nós que na última década, ao serviço do Académico de Viseu, lográmos alcançar 8 Títulos Nacionais, OITO, directos sem divisões. Fomos por oito vezes os melhores do País em termos individuais;
Que lográmos, em 6 anos de AVFC, colocar as equipas Feminina e Masculina, a disputar o Campeonato Nacional da 1ª e 2ª Divisão:
Que conseguimos o Título de Clubes da A.N.Aveiro por três vezes consecutivas;
Que temos sido presença assídua nos melhores Meetings do País, com Medalhas, Finais e ainda com medalhas de prata e bronze em Nacionais...

Nós é que temos de trilhar...
Estamos no Clube para vencer para nos orgulharmos e para que se orgulhem de nós!
Como profissional vivo disto sim, mas justifico.
Não sei quem escreveu a missiva, mas deve desconhecer o Clube profundamente, desconhecendo todos, o seu propósito/interesse para estar no Clube, aproveitando desde já para perguntar o que mudou com a sua presença no Clube?
Mas voltando ao desconhecimento do que se passou no CAF, para ser considerado insolvente.
Recordo-lhe que houve muitos factores, um deles relacionado com funcionárias da secretaria do Clube, na secção de natação.
Tais funcionárias reclamavam os seus direitos enquanto funcionárias do CAF, que era uma equipa da II Liga, inscrita por isso na Liga de Clubes. Os funcionários de tais equipas estão obrigadas a praticar determinados vencimentos com todos os funcionários do Clube, independentemente das suas funções. Como nunca foram satisfeitas as suas pretensões, foi mais um dos factores.

Informe-se antes de informar os seus leitores.
Pergunto eu: o que tem a Liga de Clubes a ver com a Natação? Nada.
Como quem não deve não teme estamos cá para responder e mostrar o que for preciso.
Acho que uma auditoria externa será a solução e urge fazê-la.
Fui nadador do Académico durante 10 épocas consecutivas, sou treinador do Académico há 10 anos. Quem tem o direito de maltratar o meu clube e a minha secção?
Mostrem quem são, o que são e o que querem. Digam e mostrem o que já fizeram sem ser redigir texto...

Cumprimentos,
Humberto Fonseca