15/11/2012

Dica para a próxima campanha autárquica!

Na semana passada o funcionário do partido laranja Pedro Alves escrevia na sua crónica semanal que "há quem faça da hipocrisia politica uma prática e a procure instituir como regra." 
Para a crónica desta semana deixo-lhe aqui como sugestão e elemento inspirador ainda dentro do mesmo tema da hipocrisia politica as declarações do seu padrinho Almeida Henriques, actual Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional, em 2006 na AR, dirigindo-se a Teixeira dos Santos:  

(...) - Sr. Presidente, Srs. Deputados e Srs. Membros do Governo, em matéria de impostos já ficou bem patente para todos os portugueses qual é a intenção do Governo. E essa intenção chama-se voracidade fiscal, chama-se cobrar mais para gastar mais! É claro e notório neste Orçamento que o Governo penaliza, mais uma vez, as famílias, as empresas e, mais grave ainda, penaliza a competitividade da economia portuguesa. Aliás, é o próprio Relatório de Outono do Banco de Portugal que vem reconhecer que este agravamento é insuportável para as famílias e para as empresas.
Nesta voracidade fiscal, a que chamaria até «gula» fiscal - e a gula é uma coisa feia - não escapa ninguém!

Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006 I Série - Número 23, X LEGISLATURA 2.ª SESSÃO LEGISLATIVA (2006-2007), REUNIÃO PLENÁRIA DE 29 DE NOVEMBRO DE 2006