17/11/2012

Três quê?

Dos três Dês de 1974... aos três Erres de 2012 vão os três Pês de Pedro Alves. O P de politiqueiro, cassete sem ideias nem ideais, o P da partidarite cega que o sustenta e sem a qual não tem existência e, finalmente o P de propaganda bacoca que já só engana quem quer ser enganado!