23/06/2012

Politica em sentido figurado!

Amigo Joaquim Alexandre, plenamente de acordo, para mim também resulta claro que não é nenhuma indirecta...

22/06/2012

Tapar os pés destapando a cabeça!

A próxima Assembleia Geral da CIMRDL presidida pelo "Senhor QREN" promete ser acalorada. A manta é curta como se sabe e os cortes de 20 milhões de euros em projectos estruturantes do Distrito, alguns deles já executados, vão ser segundo imagino, bem difíceis de explicar por parte do SE da Economia Almeida Henriques... e mais difícil vai ser gerar consenso à volta do seu nome na lista de candidatos à sucessão de Fernando Ruas.

Com amigos assim...

Pedro Alves, que cá por Viseu ficou famoso por razões que não importam ao caso, gosta de ser conhecido pelo "Mourinho da politica" pela forma como expressa a lealdade politica sobre o parceiro de governação nesta crónica arrisca-se a ficar conhecido pelo "Mourinho do funeral" da coligação.

Blogger disponível para colaborar com Fernando Ruas!

Pelo que me consta Fernando Ruas, reformado da Segurança Social, tem aproveitado as reuniões descentralizadas das Juntas de Freguesia para descarregar a bílis acusando os "bloggers" de só criticarem e não produzirem nada de útil. Agora para compensar a sua falta de ideias e visão estratégica sobre a cultura, o apoio social, o emprego e o investimento no concelho o Edil vai lançar um novo conceito de "medicalizar" o circuito de manutenção. O projecto num investimento de 25 mil euros para a pista deverá estar concluído no verão de 2013 (...) e os utilizadores do circuito terão a possibilidade de fazer diversos testes na parte ‘indoor’, como verificar a função prostática, a acuidade visual, a tensão arterial, medir o perímetro abdominal, fazer a palpação mamária ou ainda, entre outros, verificar o peso. Assim sendo, e para evitar ser incluído no rol de queixas do Sr Presidente aproveito para informar que estou disponível para colaborar na palpação mamária a titulo gracioso.

21/06/2012

Promessa do "bigodes" já com barbas!

(...) Durante a cerimónia de inauguração, o presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, lembrou que o parque radical era “uma promessa muito antiga” que tinha sido feita aos jovens da cidade que praticam skate.

20/06/2012

Já pouco falta e menos restam...

Depois da rádio NoAr somam-se atrás uns dos outros os jornalistas que vão sendo despedidos e dispensados. O DN dispensou o Amadeu Araújo e agora é a M80 que dispensa António Arede... não tarda dispensam-se os leitores e ouvintes e aí é que vai ser ensurdecedor este silêncio que se vai instalando no burgo!

Publique-se já! É uma ordem!

À minha caixa de correio chegou esta comunicação onde o Presidente da ADDLAP ordena aos OCS que "publiquem imediatamente" o assunto mas, curiosamente não se trata de nenhum desmentido sobre as polémicas que têm vindo a público sobre a gestão da Associação, muito menos um esclarecimento sobre a não publicação do Relatório de Gestão e Contas no novo site oficial mas tão só o anúncio de mais um convite para novas candidaturas para "projectos de investimento que visam a promoção da qualidade de vida nas zonas rurais e a diversificação das actividades económicas!

O Hélder vai a todas!

"O CDS-PP terá de aproveitar esse interesse renovado para se mostrar com um conjunto de ideias que representem uma governação local moderna, com novas gerações de políticas, que rompam com o ciclo vicioso do bairrismo, do clientelismo e da obra pública sumptuosa e que assentem na liberdade dos agentes económicos, sociais e culturais"

19/06/2012

20 anos de mandato! 10% de realização!

A imagem acima refere-se à Zona Industrial do Mundão onde dos quase 70 lotes previstos para instalação de empresas ou serviços apenas 7 lotes estão ocupados! A Câmara que ao invés de rentabilizar o investimento realizado facilitando o acesso ao espaço dos empresários e investidores, dinamizando desse modo a economia local e promovendo a criação de emprego, através de medidas como isenção ou redução da taxa de derrama, atribuição ou venda do espaço mediante condições e garantias de criação de postos de trabalho, apoio técnico - jurídico à instalação da empresa, apoio financeiro a jovens empreendedores em função do número de postos de trabalho a criar (o milhão de euros empatado pela CMV no BPP seria melhor empregue nesta finalidade que na lotaria) e outras que a criatividade não invalidam e que a análise séria da realidade actual possam sustentar, prefere manter este espaço como aliás o faz com outras zonas industriais, vidé a promessa do Tecnopolis de Lordosa, em estado de quase abandono.
A cerca de um ano de terminar o mandato é isto que Fernando Ruas deixará para os seus sucessores... um vazio de ideias num deserto de espaços a par de tantas e tão floridas rotundas!

O Cerebrum faz milagres!

Miguel, também li, reli e conhecendo eu José Alberto Ferreira não o imaginava com tal capacidade de memorização confesso, pois admito que não se tenha limitado descaradamente a fazer "copy paste" do site da CCDRC. Se porventura por trás desta maçadora e desinteressante entrevista está a ideia de o lançar como candidato do PSD à CMV, então melhor seria que tivesse falado sobre o que já fez pela prometida e estafada revisão do PDM Viseu ou do que a CCDRC tem previsto em projectos para o concelho, a não ser que, nessa matéria a primazia seja dada ao outro vice presidente e também viseense Luís Caetano, pelo que vou ficar à espera da próxima edição do Jornal do Centro.

18/06/2012

A cereja em cima do bolo!

Depois de tanta "celeuma" a ADDLAP finalmente colocou o seu site oficial online. Com um grafismo atraente, funcional, bem organizado e informativo estão de parabéns aos informáticos da Studiobox pelo trabalho realizado e agora só fica a faltar que o meu "desamigo do Facebook" Guilherme Almeida disponibilize online os Relatórios de Gestão e Contas da Associação.

Janela de oportunidade III

No CDS todos parecem estar convencidos de um bom resultado nas próximas autárquicas, à excepção do PS e PSD que também contam com esses mesmos votos.

Janela de oportunidade II

No PS ganha força a ideia que ninguém quer Junqueiro a candidato a não ser ele próprio e os indefectíveis do PSD Viseu.

Janela de oportunidade I

No PSD parece ganhar consistência a tese que Guilherme Almeida pondera ser o candidato à CMV. Razão parece ter Joaquim Alexandre Rodrigues, o homem não se mede e apesar de ser a melhor piada que me contaram esta semana o PS Viseu não deixará certamente de apoiar esta candidatura!

17/06/2012

A pergunta que se impôe!

Cansado de esperar pela construção do prometido Pavilhão Multiusos de Fragosela pelo mesmo Presidente de Junta que espera em breve inaugurar o Matadouro Regional de Viseu mudei-me do campo para a cidade e sem esquecer a realidade das aldeias nem deixar de continuar a olhar os problemas da cidade, encontrei um questionário na minha caixa de correio que, certamente não terá sido ideia do tesoureiro da Junta de Coração de Jesus, atento que estará às dificuldades financeiras do poder local e que procura recolher a opinião dos munícipes sobre as propostas de reforma administrativa em curso. Das perguntas em questão creio, salvo melhor opinião que defendo sem grandes reservas, que faltará uma outra, a saber:
- Justifica-se a existência das freguesias urbanas ou devem ser extintas na totalidade?
É que o óptimo é inimigo do bom e há coisas que não se resolvem a murro...

Caixote do lixo!

Quem circular pelos novos acessos à EN 231 (Viseu-Nelas) logo abaixo e à direita do posto de abastecimento Jumbo encontra os armazéns e garagens, parque de recolha de viaturas abandonadas e depósito de sucata da CMV onde além da imagem degradada do edifício com portas e janelas entaipadas com tijolos, vidros partidos e luzes interiores acesas todo o dia encontra os dois depósitos de água das locomotivas a vapor retirados da antiga estação dos caminhos de ferro misturados com a sucata, sinal da atenção que a Autarquia empresta à memória do passado. Nos finais de mandato por norma são poucos os que se preocupam com o "caixote do lixo" e Fernando Ruas pelos vistos não será excepção!

Mais pobre e mais rico!

Amigos leitores e viseenses, estou de regresso! 
Volto à vossa companhia mais pobre porque me falta o ombro sereno do meu pai onde tanta vez e sempre encontrei conforto para os meus desabafos e as soluções dos meus problemas.
Estou mais rico não pela herança material porque essa nunca foi a sua preocupação nem a minha garantia de subsistência mas sim pela formação, memória, gosto pela vida e bom nome que me deixa e que procurarei sempre honrar. Lembro-me de um dia me ter dito que quem planta flores o faz apenas por uns dias, quem planta árvores o faz por séculos mas só quem planta no coração daqueles a quem ama o faz com a garantia da eternidade. Foi isso que fez comigo!
Bem hajam pelo vosso alento e mais ainda pela vossa amizade.
Agora é de novo tempo de discutirmos e pensarmos o concelho. Vamos a isso!