22/09/2012

Christmas Bonus!

(...) Se José Cesário saiu dos EU satisfeito com popularidade alcançada, ainda mais satisfeito ficou quando recebeu um cheque de 10.000 dólares das mão de um emigrante. "Isto sim é a comunidade portuguesa", disse ele comovido. Lógico que entrou logo alguém batendo duro em cima dele perguntando se uma comunidade só é boa se der dinheiro. Não me perguntem o destino que o SE vai dar aos 10.000 dólares porque não sei. Se o Gabinete da SECP não dá contas ao Estado, muito menos me dará a mim (ver artigo)

Descubra as diferenças!

ontem
  
hoje

21/09/2012

Ruas em alta definição!

Fernando Ruas, de bigode e cabelo impecável, comemorou o seu ultimo Dia do Município com uma grande entrevista no Diário de Viseu a que juntou cerimonial de grande pompa e circunstância!

Sindrome de Napoleão?

Caro Cálix, caso não saiba às custas desse tipo de frases muita gente perdeu a cabeça no sentido literal. Agora a sério, foi à Sé rezar porque já sabe quem a Lúcia apresenta como candidato na jantarada de hoje na Feira?

Conselho ao Concelho!

Texto de opinião publicado na Edição 549 de 20 Set 2012 do Jornal do Centro

Há por cá certos “Manueis Silva”, donos de todos os conselhos e defensores dos donos de concelhos mas, em abono da verdade, devemos reconhecer que há conselhos e concelhos. Apostemos então num concelho, com c, e vamos supor que poder e oposição se sentam à mesma mesa para discutirem as grandes linhas orientadoras da política local, as prioridades possíveis dentro do orçamento disponível, a resposta necessária a situações de emergência, a melhoria e reforço das capacidades instaladas, a antecipação proactiva a novas e difíceis ameaças socio-económicas ou simplesmente para beber um copo e trocar dois dedos de conversa a propósito da situação do País. Nesta altura o leitor já estará a pensar que o cenário apresentado não tem como pano de fundo Viseu. Na capital das beiras, o poder instalado deformou-se e como Weber o definia, tornou-se prepotente impondo a própria vontade numa relação social, mesmo contra a relutância dos outros e a oposição hiberna durante quatro anos para emergir nas eleições num acto de puro suicídio politico. Poder e oposição ignoram-se, esquecem os anseios e expectativas dos eleitos. Se acaso existir a necessidade administrativa de se encontrarem, a ocasião serve apenas para libertar o fel de ódios mesquinhos e de estimação cultivados ao longo de muitos mandatos caracterizados pelo marasmo de ideiais e de ausência de visão comum de um futuro partilhado.

20/09/2012

Em cena no CCV

Há novidades no CCV para miúdos e graúdos! Passem por lá

19/09/2012

Em dia feriado!


Há festa no Zoo!

Decididamente, os nossos deputados não acertam uma! Uns com o sobressalto cívico que é (e foi) mais um sobre assalto ao Estado, outros com a amnésia de que também sofrem em dose cavalar e agora Hélder Amaral que também dispara ao alvo mas não acerta no animal. A política não é do Urubu mas sim da Avestruz que ao fim de 6 anos decidiu tirar a cabeça do buraco e ver a realidade.

Mais um para a lista dos auto-excluídos!


Em treinos aqui ao lado!

O «Exercício Dragão 12», levado a cabo pela Brigada de Intervenção desde o dia 13 até ao próximo dia 21 de Setembro, passa por Mangualde em diversos momentos, nomeadamente no desfile final, sexta-feira pelas 18h00, onde participarão mais de mil militares e na exposição de equipamento militar, que está já patente no Largo Dr. Couto e no átrio da Câmara.

Campeonato amador!

O torneio de ping pong no escalão pessoas com dificuldades cognitivas ou deputados, já abriu inscrições. Para mais informação clique aqui.

Ah, rico pau de marmeleiro!

A Câmara Municipal de Viseu revelou esta terça-feira que os actos de "vandalismo" que tiveram lugar na noite de sábado para domingo no Parque Urbano da Aguieira provocaram 22 mil euros de prejuízo.
in CM
O vandalismo aconteceu no Parque Radial de Santiago e não na Aguieira, como refere a noticia.  

18/09/2012

Ainda a tempo!


Sem título

Comunicação ou propaganda?

Para uma Câmara que dispõe de uma Divisão de Promoção, Desenvolvimento e Comunicação é curioso ver o calendário de eventos do site oficial, mas de pasmar mesmo só o facto de ser a própria Vereadora responsável pela Cultura que na sexta-feira pelas 15h que dá a conhecer à cidade a programação desse mesmo dia da cópia de vão de escada dos Jardins Efémeros. Numa cidade onde as rádios locais foram silenciadas e os jornais fecham a edição na 4ª ou 5ª feira, consoante sejam semanários ou diários, este tipo de propaganda deve ter um efeito que desconheço e, se algum leitor me quiser esclarecer ficarei muito grato porque de resto, olho para isto e é como andar no Centro Histórico à procura das varandas floridas...

Loja do... tacho!

A Loja do Cidadão continua a dar que falar embora já quase tudo tenha sido dito! Hélder Amaral quer tudo explicadinho por parte do Ministério do dótor Relvas mas do PS curiosamente nem uma palavra, bem como da Distrital ou Concelhia laranja! A Loja do Cidadão não deve ser a Loja do Contribuinte de modo que haja quem pague...

17/09/2012

Imprime e embrulha, Manuel Silva!

Recebemos o mail que se transcreve na íntegra, de alguém que se subscreve Manuel CR Silva.
“Boa noite Sofia e Paulo Neto:
Li com atençao os artigos da Sofia e do Paulo nas últimas semanas e tornou-se evidente a vossa tentativa de promover a candidatura de Carlos Marta a Viseu, desvalorizando Fernando Ruas. O contraste entre a opinião e o acompanhamento do Prove Dão Lafões e dos Jardins Efémeros foi um sinal mais do que evidente. Mas o editorial do Paulo Neto da semana anterior e o suplemento do Carlos Marta nesta explicam tais posições: é o dinheiro da publicidade. Os impostos dos tondelenses pagam a campanha do Marta para Viseu. Mas vamos ao que interessa: comparar obra e não propaganda.
Viseu, eleita melhor cidade para viver, com um aumento de população de 6,2% entre 2001 e 2011; Tondela, uma perda de população de 7,1%. Viseu, indice de envelhecimento 127,7; Tondela, 230, o mais alto da região Dão Lafões (uma terra de velhos, a perder crianças e juventude). Viseu, taxa de natalidade de 9,4, indice de poder de compra per capita 93,67; Tondela, taxa de natalidade de 5,8, indice de poder de compra de 63,82 (sem crianças e cada vez mais pobre). Mas se se compararem com os dados de Lamego, Mangualde, Oliveira de Frades, etc, Tondela fica no último lugar.
Saúde financeira das camaras: Prazo médio de pagamentos e Taxas de IMI. Viseu, 34 dias; Tondela, 124 dias; média nacional, 122 dias. IMI Viseu, 0,38; IMI Tondela, 0,4 (máxima).
Mais palavras para quê?
Já agora Sofia, não faça 10 likes. Faça 14 likes, tantos quantos as câmaras que pagaram o Prove Dão Lafões do Dr. Marta. E porque não foi convidado o Dr. Almeida Henriques para a abertura? Porque será????
Quanto terá custado o Prove Dão Lafões, em tempos de austeridade? Publicidade regional e nacional...Segundo li, a Fictondela deste anos será a mais cara de sempre? Não há austeridade? Todos poupam, menos o Dr. Marta. Pudera, o dinheiro não é dele.
Os limites de mandatos deviam ser para cumprir para todos. Presidentes de camara, vereadores, deputados, etc. Mas são como as lapas.
Publiquem se tiverem coragem.
Manuel Silva, Viseu”
Li e de imediato respondi, via email, convidando-o para aparecer. Aguardei até hoje uma resposta. Em vão. Entretanto, fui tendo ecos de que este email que era endereçado à Sofia e a mim, havia sido reencaminhado para diversos destinatários, bloggers incluídos, tornando-se assim um manifesto público.
Recebemos amiúde na redacção cartas anónimas. Nunca as publicamos. Esta “carta electrónica” vem assinada e é portadora de um endereço, se bem que virtual. Independentemente do modo, fazendo fé que o emissor existe e é de facto quem diz ser e como a coragem nunca nos faltou, ó Silva, além da publicação da sua “peça”, aqui fica a resposta…

Malhar o ferro enquanto está quente!

O desafio dos deputados do PS Viseu para com os demais eleitos é pertinente e ontem como amanhã Viseu devia ser a prioridade de todos! Afinal de contas são eleitos por Viseu e com votos dos Viseenses. Pena que seja apenas agora... quando o PS com Junqueiro foi Governo onde ficou Viseu? Ao pedir aos outros um "sobressalto cívico" podem receber como resposta um pedido de esclarecimento "sobre assalto socialista"! O Miguel bem alertou para o perigo da política ligeira.

Obrar hoje para inaugurar amanhã!

A Câmara Municipal de Viseu decidiu avançar com as expropriações para instalar a ETAR Viseu Sul, “o maior investimento dos últimos anos em Viseu”, disse Fernando Ruas. O autarca anunciou na sexta-feira uma série de obras que irão arrancar em breve, como a conclusão da reabilitação da Rua Silva Gaio e a regularização do pavimento nas ruas da zona envolvente ao Largo da Sé. Foi também aprovado o contrato relativo às obras que começarão dentro de pouco tempo entre a Rua de Mendonça e a Avenida Infante Dom Henrique.
Aproveitando o embalo para mais uma fornada de inaugurações em próximo ano eleitoral, aconselha-se a que olhem para o estado de quase ruína da Janela Manuelina, para o Portal Eclesiástico e já agora a propósito de ETAR's que dêem uma vista de olhos ao Rio Pavia a jusante da Estação de Tratamento de Águas Residuais de S. Salvador mas levem máscara de gás!

Justificação da falta!

Miguel Fernandes, o tempo não é elástico e não tendo o dom da ubiquidade é preciso correr todas as capelinhas porque eles andam espalhados por aí e são bem mais que muitos, afinal!

Avante Viseu

(foto do Sapo)
Só possível no Seixal. Em Viseu há um Regulamento de Publicidade!

16/09/2012

Obrigatório "ouvir a Rua"!

A Câmara Municipal de Viseu vai baixar em 2013 as taxas do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e Derrama, que incide sobre o lucro das empresas com volume de negócios até 150 mil euros, anunciou hoje o presidente da autarquia.
in CM
A promessa já tinha sido dada e o desafio colocado. Com tanta pretensa saúde financeira não se poderia ir mais longe?