21/03/2013

Habemus nescius!

O novo Papa disse, em Roma, durante uma audiência a jornalistas, que deseja uma “Igreja pobre e para os pobres”, e presumo que se refira também aos pobres de espirito de modo que não é de admirar que Pedro Alves, o Mourinho do Catolicismo, tenha muito a aprender com o Papa Francisco. Desde logo, que este Papa, por agora, apenas se chama Francisco e não Francisco I.