18/04/2013

Uns são filhos e os outros?

Tunas na cidade felizmente não faltam e acresce ainda serem de qualidade. Sempre que actuam fora têm vindo carregadas de prémios mas pelos vistos não há onde os guardar. A Infantuna diz precisar desse espaço na imprensa local e os demais não o dizem porque por algum motivo não têm sido capa de jornal. Para quando um espaço associativo no Centro Histórico que dê guarida não só à Infantuna mas também às demais Tunas que assim o queiram dinamizar?