22/05/2013

Oh Amadeu, será Osório?

Há dias questionava-se aqui porque razão dispondo a Autarquia dos meios humanos qualificados para ministrar a acção de formação pretendida para o SMAS recorria a serviços externos, dispendendo assim verbas do erário público sem aparente necessidade a não ser que a especificidade da acção de formação assim o justificasse. Entretanto tropecei no Facebook na divulgação dessa mesma acção por parte da empresa formadora e questionei a mesma sobre o formador... a resposta até agora foi o silêncio! Não coloco em causa o mérito da empresa mas tal como disse no comentário "o silêncio por vezes também fala muito"!