29/05/2013

Oh, camaradas mas querem enganar quem?

O PCP Viseu continua a dança do "ora agora indo eu ... Manuel Rodrigues, ora agora indo tu... FranciscoAlmeida" mas sempre em volta do "Sindicato dos Professores" naquela perspectiva de preencher um lugar à espera que o sol brilhe (!)... o que não fortalece em nada a luta dos professores. O PCP em Viseu há muito que deixou de ser um partido revolucionário, é uma mera "secção" do Comité Central com um programa de festas perfeitamente delineado e estabelecido, sem o mínimo de rasgo, de projecção mediática ou de relação com os problemas locais, assemelha-se mesmo em muitos aspectos aquelas organizações visienses que pululam por Viseu e cujos dirigentes  se replicam como cogumelos. Nada me move, embora o mesmo não diga em relação a algumas figuras de proa do seu dirigismo, mas um Partido de esquerda, numa cidade do interior como a nossa, não pode ter esta postura parasitária sobre organizações como sejam os sindicatos.  E agora chega, que já lhes dei atenção demais!