09/09/2013

Pouco Politécnico!

O passado ano académico o cenário já foi de algum alerta apesar de no final o IPV reconhecer que a situação ainda assim não merecia preocupação de maior. Este ano os números nesta primeira fase de acesso ao ensino superior devem merecer atenção redobrada. O número de vagas reduziu e a percentagem de acesso nesta fase ronda os 39% o que deixa o IPV na cauda do ensino superior e se nada for feito, uma das mais prestigiadas Instituições da região arrisca-se a ter pela frente um futuro pouco risonho.