04/11/2013

Boas ideias!

Na Quinta de Vilar, em Viseu, várias toneladas de maçã são rejeitadas pelo mercado e acabavam, invariavelmente, na lista dos desperdícios alimentares que tantas vezes criticamos no nosso agregador. Foi então que Eva Raimann Cabral, a proprietária, começou a pesquisar sobre o que fazer com uma maçã que, afinal, tinha boas capacidades organolépticas. Com várias opções em mãos, Eva optou pela maçã desidratada, um snack que não é propriamente inovador, mas suficiente para acabar com o desperdício alimentar na Quinta do Vilar. O projecto evoluiu e transformou-se na marca Fruut, um snack que chega agora ao mercado e que reflecte as maçãs rejeitadas de 42 hectares de cultivo.