25/05/2013

Novo ciclo, velho truque!

Na edição 489 do Jornal do Centro em artigo de opinião escrevi então que:
"Nas últimas autárquicas Fernando Ruas, aderiu a este fenómeno, mas com facilidade se percebeu que os seus assessores de comunicação que ficaram com o “serviço” tinham como única directiva replicar vezes sem conta os chavões de campanha. (...) Na página do HI5, no Twitter, no Facebook o mural e a timeline eram preenchidas com comentários laudatórios colocados por falsos perfis criados para o efeito. Ainda recentemente um dos seus discípulos presentes na rede perante uma aparente incómoda questão colocada no mural do seu Facebook optou por repetidamente apagar o post que um dos munícipes ali colocou relevando total falta de sentido democrático e desrespeito por aqueles que o elegeram. E esta politica de rede na região é sintomática... sempre que há eleições os "paladinos da cidadania" aumentam exponencialmente e diariamente nas redes sociais, prontos para criar "ruído" na comunicação e perturbar o espaço de comício que o politico local faz na rede!"

Pois, aí estão eles, os Patos Bravos, os Tavares da Silva hoje, Antónios Sousa amanhã, blogs anónimos por encomenda... tudo receita da mesma hipocrisia, caciquismo e cobardia politica que com facilidade dão a perceber qual o amo a que servem e o interesse a que se dedicam. 
Escusam de se incomodar com o VSB dado que nem um minuto perderei com esse conhecido modus operandi, mas se gostam de me ler, sejam bem vindos!

24/05/2013

Está quebrado o tabú!

O deputado da Assembleia da República Hélder Amaral vai liderar a candidatura do CDS-PP à Câmara de Viseu nas próximas eleições autárquicas, que pretende representar "a massa crítica livre e independente" que existe no concelho.

Ver para crer!

Minuto 2'07

Miguel, enganaste-te! O "Guru das Cidades" estava lá mas como sempre, não para ensinar mas sim para aprender!

23/05/2013

Façam justiça ao Pedro!

Caros leitores, este comentário: "A dos Pedros, tem piada... Ainda me lembrei, de mais alguns, da gera deste e que são tão ou mais parasitas que ele... Rui Pedro, Pedro Escada e Pedro Ruas. Tudo jotas de "peso" Ser Pedro, não é fácil..." deu queixa na PSP. O anónimo responsável que se acuse, se faz favor!

Aproxima-se a hora das decisões

Texto de opinião publicado na edição 584 de 23 de Maio de 2013 do Jornal do Centro
 
Aquando da campanha para a presidência dos Estados Unidos, em 1960, a campanha de Kennedy, referindo -se a Nixon, fez a seguinte pergunta aos cidadãos eleitores americanos: “Você compraria um carro em segunda mão a este homem?”. Nixon perdeu as eleições. Em ano eleitoral, com alguns dos candidatos já no terreno, o panorama a que se assiste é confrangedor no mínimo. Num dado instante revelam-se como o mais beato dos anjinhos para no instante seguinte, de forma altaneira, afirmarem o contrário de ontem, como se não tivessem nada a ver com o assunto, e pelo meio vão trocando mimos e deixando promessas ao povo, numas prédicas de pastores evangélicos acabados de chegar a uma nova cidade! Ontem um revelava-se assustado com a taxa de desemprego de 10,8%, resultante da governação do outro, e promete hoje reverter a taxa de 17,7% que deixa como herança na sua governação que assusta agora o outro. Em resumo, um e outro seriam cómicos não fosse a questão bem gravosa. O leitor, compraria um carro em segunda mão a algum deles?

Leandra, estás em forma!


Inesperadamente fui hoje abordado pela líder regional da JSD que apesar de algumas vezes aqui visada no VSB ao invés de fazer de contas que não me conhecia optou por, de forma educada e jovial se dar a conhecer. Fica aqui o registo do sentido democrático e do espirito critico da jovem Jota!

22/05/2013

Sexta abre portas!

A Feira do Livro realiza-se no Parque Aquilino Ribeiro, entre os dias 24 de maio e 10 de junho.

Oh Amadeu, será Osório?

Há dias questionava-se aqui porque razão dispondo a Autarquia dos meios humanos qualificados para ministrar a acção de formação pretendida para o SMAS recorria a serviços externos, dispendendo assim verbas do erário público sem aparente necessidade a não ser que a especificidade da acção de formação assim o justificasse. Entretanto tropecei no Facebook na divulgação dessa mesma acção por parte da empresa formadora e questionei a mesma sobre o formador... a resposta até agora foi o silêncio! Não coloco em causa o mérito da empresa mas tal como disse no comentário "o silêncio por vezes também fala muito"!

A vida assim é uma alegria!

Num País de sonho leia-se em ano eleitoral não há concelho que não tenha as finanças em boa saúde, não há iniciativa que fique parada por falta de verbas e não há autarca nem "força viva" que deixe de participar no debate das politicas de sustentabilidade das cidades... para além disso ainda temos o Gaspar no Governo e a praia aqui ao lado!

Viseu primeiro, mas com respeito se faz favor!

Antes
Depois

21/05/2013

O plágio entrou na campanha!

"Com efeito, pelo que nos é dado a conhecer pela comunicação social, o candidato do PSD parece que plagia o discurso da candidatura do PS na medida em que fala exactamente dos temas que o candidato do PS"
Não me digam que o Guilherme está envolvido nisso?

Onde está a Dalila?

20/05/2013

Nem o Exército resiste!

A Rua Direita continua a ser notícia em Viseu.

O comboio do Almeida!

Isto é só a minha opinião e mais nada!

Lusitano sobe de divisão!

Depois do Académico é a vez dos Trambelos festejarem o feito!

Viseu Primeiro, acto I

"Não podemos desistir do desígnio de deslocalizar a Loja do Cidadão para o Centro Histórico, é uma opção que nos une, lutemos por ela"
Almeida Henriques, deputado PSD, Jan2009

"Ó ai, esteja quedo"

Há dias a propósito da ideia de 11 associações culturais unirem esforços para darem uma nova dinâmica ao Mirita Casimiro dizia eu aqui que era um cenário de aplaudir mas pelos vistos há quem prefira o marasmo a que aquele espaço cultural tem sido vetado e leve a peito a canção.

19/05/2013

Novos actores, velhos hábitos!


O nome que estava no envelope!

A sorte parece não querer bafejar Almeida Henriques na corrida à CMV. A apresentação a ter lugar no Parque da Cidade acabou transferida para o Grão Vasco devido às condições atmosféricas também elas adversas, o estratega director de campanha não conhece o site da metereologia, os convites via infomail de gosto duvidoso chegaram tarde e a más horas à caixa do correio dos viseenses, de figuras nacionais apenas Fernando Ruas (que de nacional tem pouco caso contrário nem Almeida Henriques seria o escolhido) a abrilhantar o espaço e a entregar o beijo de Judas ao candidato e além do muito Photoshop muitos outros erros crassos
(entretanto corrigidos ou apagados tal qual o blog de Almeida Henriques não vá o diabo tecê-las e desenterrar pecados velhos). Talvez por isso às 3:30 da manhã em plena Rua do Comércio ainda Pedro Alves, Mota Faria e Guilherme Almeida faziam o balanço da jornada...

Sobre-viver para a política do betão!

Com a crise instalada acabou-se o tempo dos empreiteiros a financiar partidos. A julgar pelas declarações de Fernando Ruas é tempo agora de o poder local financiar os construtores. Nem vale a pena referir a questão da legalidade de tal situação avançada pelo autarca, que no seu entender serve de justificação para o atraso das obras como se isso fosse excepção na gestão camarária de Fernando Ruas. Não me recordo de uma obra que tivesse sido concluida em tempo ou sem custos acrescidos em trabalhos a mais mas, em época eleitoral o importante é fazer... nem que para isso se esqueça o estado de direito!