15/06/2013

O filme da realidade laranja esverdeado

A candidatura do "independente" Almeida Henriques fechou-se hoje, uma vez mais, dentro do auditório para homenagear os autarcas do antigo PSD, que por limite de mandato deixam de exercer os cargos. O mestre de cerimónias, aka Mourinho da política, desdobrou-se em esforços para que o alto dirigente do PSD Aguiar Branco levasse boa imagem das poucas tropas presentes no local e, os discursos de mea culpa sobre a governação quase passaram despercebidos com o brilhantismo do filme "resumo do trabalho dos autarcas", realizado pelo empenhado Osório. 
Aqui vos deixo em exclusivo, tal como recebi, a película cinematográfica que retrata os melhores momentos da cerimónia.

14/06/2013

O limite da Catarina deseja-se Infinito!

A Catarina não é só uma cara laroca e junta à simpatia uma voz talentosa. Dia 1 estreia-se no Mercado 2 de Maio o seu novo álbum. O deserto espaço nessa noite pelas 22h terá o encanto da sua voz a dar-lhe vida e o sonho "infinitos" de uma carreira promissora da Catarina Rocha. Não faltem!

Efeito borda d'água

O Viseu Primeiro começou com a ideia da apresentação no exterior, fechou-se em salas e não tarda já só o Júnior e o Osório (pouco atento à sessão ainda por cima, tal como o estratega Alves) farão parte da comitiva. É certo que a agricultura está em crise mas, pelos vistos a chuva que tem caído justifica não só os erros de cálculo do Gaspar como também a falta de adesão e ânimo à volta do candidato verde alaranjado!

Que segredo esconderá a Lusitânia?

O Crime 14/6

Ficam as questões no ar!

Caro leitor, a propósito desta recuperação paisagística do Parque Linear de Santiago que, pelos vistos se encontram paradas e, cuja explicação adiantada ao sempre atento AJ, se prenderá com o facto de os equipamentos fornecidos não serem os constantes do previsto em concurso, importaria saber se o projecto se encontra de acordo com o PDM aprovado e se o responsável pela sua concepção inicial no âmbito do programa Polis, creio que o Arq Byrne, autorizou tais alterações bem como esta outra da ponte pedonal sobre o Pavia? E, como não poderá ser de outra forma pois caso contrário, estaríamos perante uma flagrante violação dos direitos de autor, porque não usa da mesma argumentação a CMV junto do Arq Siza Vieira para que este autorize a que no reabilitado Mercado 2 de Maio se realizem as adaptações necessárias para lhe devolverem a vida que outrora teve?

13/06/2013

Descubra as diferenças!


Versão verdadeira
Versão Mourinho da politica

Próximo cromo!


Graça, conta comigo! Sem reservas e sem medo!

Declaração de interesses: A Graça Canto Moniz apoia tal como eu a candidatura de Hélder Amaral à CMV.
Não conhecia a Graça, mandatária da juventude escolhida por Hélder Amaral e foi esta circunstância politica que a colocou no meu caminho. O pouco tempo que já partilhámos neste desafio a Graça faz-me acreditar que independentemente do que o eleitorado ditar como resultado autárquico, ainda há futuro possível e muito positivo para este País!

Diz-me com quem andas...


12/06/2013

E disto? Alguém se atreve a pôr "like"?

O que dirá agora o candidato do PSD à CMV destes números que ele próprio enquanto Sec Estado da Economia não só não soube anular como até os ajudou a aumentar fazendo com que sejaM já duas vezes superiores à média da OCDE?

Assim se promove uma cidade!

Meanwhile in Viseu

É mais o que nos une que o que nos separa!

Caro amigo, mesmo estando do outro lado estamos os dois do lado da mesma preocupação e gosto pelo concelho e pela cidade.Grato pelo estímulo e conte comigo como eu conto continuar a ser seu leitor.

11/06/2013

O humor é...


Agora Inês é morta!

O assunto aqui há um ano atrás tinha e merecia toda a atenção. Com o cenário actual do bairro, de demolição concretizada, os candidatos comprometem-se com o quê?

Entra pela cota?



(...) João Cotta falou sobre os principais desafios que se impõe para este mandato destacando a promoção e captação de investimento na região de Viseu e a promoção de uma maior concertação estratégica entre todas as entidades.

Assim falava o Presidente da AIRV, agora também Presidente do CERV (não confundir com este centro), aquando da tomada de posse para o novo mandato mas, estou em crer que não tardará muito que troque este desiderato por outro bem mais cómodo na lista de Almeida Henriques. Se assim for será tempo para se perguntar que empresários além dos do PSD João Cotta representa na região?!

Para quando o Ministério da Solidariedade Social?

Na cidade com melhor qualidade de vida é bom registar ainda a medalha recebida por Fernando Ruas ontem das mãos do Presidente!

O regresso à aldeia!

Estes "novos rurais", deixaram carreiras, amigos, pequenos luxos e rumaram a Cabrum na freguesia de Calde e entre surpresas e interrogações, perceberam que o país é pequeno mas tem muitas curvas... excelente ideia porque se estão à espera do banco de terras defendido por Almeida Henriques nas últimas eleições legislativas ou pelas hortas urbanas da Quinta de Cruz prometidas por Fernando Ruas bem que morriam à fome!

10/06/2013

Há que ter memória!


O deputado viseense do PSD, Almeida Henriques, quer saber se existe algum estudo que equacione a possibilidade de haver uma ligação aérea entre Viseu e a capital. (...) No documento, Almeida Henriques sustenta que a ligação ferroviária está desajustada da realidade, o que coloca Viseu, as suas empresas e instituições, em desvantagem face a outros pontos do país.
"As dinâmicas do nosso distrito justificam que a ligação aérea que serve Bragança e Vila Real, possa ser estendida a Viseu", sustenta, acrescentando que a cidade possui um aeródromo "com excelentes condições que poderiam potenciar a ligação e ajudar a rentabilizar o voo".
Almeida Henriques defende mesmo que este meio de transporte "seria uma forma de compensar o distrito pelos três anos de atraso do lançamento do concurso de ligação em auto-estrada entre Viseu e Coimbra".
(...)
A mesma opinião não é partilhada por Jorge Costa. O comerciante defendeu que, embora goste da ideia, é necessário "sermos realistas", uma vez que o projecto não é viável em termos económicos. "A ligação já existiu e revelou-se não ser rentável", acrescentou.
Por outro lado, adiantou que Viseu não é uma cidade "tão industrial ou comercial que justifique a existência deste meio de transporte", até porque está a uma hora do Porto, duas e meia de Lisboa e a quatro de uma capital como Madrid.

In Diário de Viseu (03 Abril 2008)

Quem é o que está com a camisa azul do CDS?

A JS cuja média de idades como se constata pela foto junta rondará os 40 anos realizou mais um roteiro e mais não digo porque o Manuel agora também é meu amigo no Facebook...

Rúben, tens lugar guardado na lista! Onde te levo a ficha?


5 anos depois...

Um investimento global de 114 milhões de euros e que pretende tornar Viseu na "cidade modelo do século XXI". (...) O presidente do Conselho de Administração da SRU e vice-presidente da Câmara de Viseu, Américo Nunes, prevê que daqui a nove anos exista mais gente no centro histórico e "corredores verdes abertos". "É preciso termos alma dentro dos imóveis e é esse o nosso grande objectivo: atrair pessoas para o centro histórico, com uma estratégia bem definida", disse.
(...)
O centro histórico, para esta reabilitação, foi dividido em oito núcleos.
(...)
Núcleo 7
Nesta zona, o Largo Mouzinho de Albuquerque ficará com uma "nova cara", fazendo a ligação entre o Teatro Viriato e a Escola Secundária Emídio Navarro. Será também construído um parque de estacionamento subterrâneo, enquanto que a Avenida Emídio Navarro será remodelada, assim como será dada mais dignidade à Porta dos Cavaleiros.

Texto de Sandra Rodrigues in Diário de Viseu (07-04-2008)