04/02/2014

Preso por ter cão...

Nisto estou quase como o Indo Eu. Nem percebo o interesse no balanço dos 100 dias nem o porquê de tanta propaganda. Afinal, a defesa do “Bairro da Cadeia”, a requalificação do mercado 2 de Maio, a promoção da venda dos produtos endógenos no Mercado Municipal, a reabilitação do Centro Histórico, a criação da "Agência Local para o Investimento" são, entre outros, com esta ou outra designação, linhas comuns do programa quer do CDS quer do PS na Oposição. O projecto da Bizdirect graças ao IPV poderia ir mais além da criação de 15 estágios remunerados mas "ab initio" é de louvar e apoiar. A libertação das garantias bancárias não injecta milhões nas empresas mas livra-as de mais um encargo com a Banca e desde que a Autarquia obtenha garantias de cumprimento da obra isso é positivo e não merece mais critica. A redução em dos processos de licenciamento pendentes só mostra que a inércia estava instalada nos serviços e que a mudança sendo necessária deve manter como norma o que agora aponta como excepção. Do muito que está prometido e ainda há por fazer não é preciso dar-se tempo a que se faça? Estranha-se pois, mas ainda assim regista-se positivamente pela exigência imposta, a critica à Oposição e até alguma desilusão da blogosfera local.
 
Querem mais um exemplo? O prolongamento da Ecopista até ao Parque de Santiago é uma boa medida deste Executivo? Sim, é e até se poderia ir mais longe prolongando esse mesmo corredor até ao Parque do Fontelo mas Roma e Pavia não se fizeram num dia... nem a Oposição existe para estar sempre do contra. Queriam diferente? E expressaram isso no voto?