24/04/2014

Ora, milagres? Pois esperem pelo autocarro!

Desde Janeiro o número de carenciados a precisar de ajuda não pára de aumentar. O presidente da Cáritas de Viseu, Fernando Borges, olha com preocupação os últimos registos.
Aparentemente indiferente a esta realidade o executivo prefere doar 120 mil euros de subsdio ao CAF ou gastar quase 40000 euros em autocarros para levar os idosos em romaria ao Santuário, como hoje mesmo decidiu em reunião de câmara. O mundo mudou mas há quem ainda não o queira perceber... e milagres, hoje, nem em Fátima!