14/11/2014

O Acumula Cargos

Agora que João Cotta está prestes a sair da AIRV por atingir o limite de mandatos e não ter concretizado 1/10 dos objectivos a que se propôs, poderá aproveitar o tempo livre para dar uma leitura ao texto do António Soares.

13/11/2014

Benefício da dúvida!

O PSD Viseu reconhece finalmente que o verdadeiro líder da oposição é o CDS Viseu. Não conheço pessoalmente o novo presidente da concelhia mas o Pedro Alves como toda a gente sabe dá erros de palmatória, o Teodósio tal como os demais escreve o que lhe mandam ler e nem vale a pena falar do Osório, de modo que vou acreditar que terá sido novo presidente a fazer este comunicado e não o Dr Sobrado que até sabe escrever umas coisas.

12/11/2014

Menos Secret Story, Senhor Presidente!

A propósito de Torquemada, não posso acreditar que o Dr. Almeida Henriques tenha feito tal observação sob a "orientação técnica" do Dr. Sobrado (senhor culto e de boas referências históricas, religiosas e literárias). Assim, cabe-me aconselhar o Dr. Almeida Henriques a seguir com atenção a série "Isabel". Apesar de ficção a primeira época é bastante rigorosa e se tiver paciência chegará a Torquemada. Aconselho também a não perder o "serviço público" da TVE que com as explicações históricas que acompanham os pontos-chave de cada episódio, fazendo a devida triagem, com a ajuda do Dr. Sobrado, compreenderá melhor o contexto histórico. 
Seguindo estes conselhos estou certo que as suas intervenções passarão  a ser tão gloriosas como as de Isabel e bem enquadradas como as do Dr. Sobrado. Agora não me obrigue a fazer referências a Downton Abbey, apesar de estar certo que o actual Presidente teria muito a aprender com Carson ou Lorde Grantham.

Entretanto na Coreia do Norte...

Diz o grande líder não me critiquem para não fazer má figura lá fora!

11/11/2014

Um ano preocupante!

Com Almeida Henriques tudo ficou muito pouco transparente. Ainda ontem na minha última declaração tive a oportunidade de referir "ao contrário de alguns membros desta assembleia que exercem funções políticas e ao mesmo tempo facturam serviços a titulo privado à autarquia, eu nunca misturarei negócios com influência política por uma questão de ética e princípios."

10/11/2014

Intervenção na AM de dia 10Nov

Antes de mais, com todo o respeito que esta Assembleia merece permito-me a deixar um pequeno esclarecimento. Como calculo que saibam, e muitos outros debatido ou comentado, tenho estado temporariamente ausente dos trabalhos desta casa e, como tal, substituído e delegado funções ao restante grupo municipal do CDS-PP, facto que está previsto no regimento desta Assembleia e que assim sendo deveria ser encarado com a normalidade democrática que estes imprevistos ou assuntos pessoais merecem. Portanto, não entendo o burburinho nem a importância de relevo que lhe atribuem. No entanto com algum espírito democrático quero sossegar vossas excelências e fazer notar que a ausência, que parece ter incomodado muito boa gente nesta casa, teve como motivo razões profissionais. Talvez, a vontade de fazer que me levou a criar riqueza, seja fruto da ociosidade critica que alguns de vós me apontam. Mas tranquilizem o vosso espírito inquisitório, porque ao contrário de alguns membros desta assembleia que exercem funções políticas e ao mesmo tempo facturam serviços a titulo privado à autarquia, eu nunca misturarei negócios com influência política por uma questão de ética e princípios e portanto, esta é a última vez que neste fórum e a este propósito me ouvem aqui falar.