22/01/2015

Omoletes sem ovos!

(...) Quanto ao financiamento, o valor final está ainda por definir. Um estudo do Grupo de Trabalho Centro e Norte, que reúne as associações empresariais de Portugal, Minho e Centro, aponta para um investimento de 1,9 mil milhões de euros, um valor “incomportável porque equivale ao dinheiro que o país dispõe para o investimento total em ferrovia”, sustenta um responsável político ouvido pelo SOL.