21/04/2015

Gastar à grande!

O Município de Viseu consegue em pleno Séc das novas tecnologias gastar mais que o Banco de Portugal em inutilidades... talvez por isso se compreenda porque cortam no demais!