29/12/2018

Apontem mais este!

O Centro de Operações de Mobilidade de Viseu representa um investimento de mais de quatro milhões de euros e tem um prazo de execução de dois anos, segundo o anteprojeto aprovado hoje em reunião de câmara.

Politica de "pão e circo"


De repente, a máquina de propaganda do Presidente Sobrado resolve transformar o um evento que já acontece há vários anos na cidade organizado pelos privados numa inovação promovida por dinheiros públicos. Muitas felicidades aos noivos! Nós contribuintes convidados não queremos que vos falte nada!

Eu, católico me confesso!


Em 2017 a "Diocese de Viseu investiu um milhão na Igreja de Madre Rita, mas falta outro tanto" para concluir a obra. Em 2018 a Autarquia de Viseu adianta em concurso público para um espaço privado o "outro tanto" para a cave da igreja servir de Arquivo Municipal. Porque não umas obras de restauro no sobrado aqui de casa para Arquivo da Transparência e Laicidade?

Por esse Rio acima!

Em Viseu é já evidente que sociais-democratas se dividem entre PSD e PPD, de um lado os Alves e do outro os Ruas. De um lado os instalados, do outro os ignorados. Todos caras conhecidas que nas últimas décadas não trouxeram valor acrescentado à democracia local. Esperar diferentes soluções com ideais semelhantes e os mesmos protagonistas é ilusionismo puro!

Ideia Mini!

Louve-se a persistência. Lutou enquanto deputado pelo comboio Aveiro - Vilar Formoso, pugnou pelo projecto enquanto secretário de Estado, prometeu deixar o seu nome ligado ao comboio enquanto autarca e bem dito, bem feito! O comboio em Viseu, se o pregador não falhar uma vez mais, será um meio alternativo de transporte dos passageiros a Mangualde. É desejável que não sejam muitos... o autocarro é mini!

#viseufazbem (3)

Tem nome de guerreiro e quer conquistar a cidade de Viseu no início do próximo ano. Viriato é pioneiro em Portugal - ou não fosse este o primeiro transporte público não tripulado no país a andar na rua.
Fiquem atentos no próximo ano e quando virem por aí o gadget avisem!