28/03/2014

Com a devida vénia ao autor do cartoon!


Prá frente é que é caminho!

Numa autarquia com 12 agentes da Polícia Municipal, com 36 Bombeiros Municipais mas com mais de 130 jardineiros/cantoneiros o ciclo até pode ser novo. O modelo, esse, é o despesista dos antigos!

Para memória futura!

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques (PSD), considerou esta quinta-feira que o Governo deixou de ter desculpas para não executar a ligação ferroviária entre Aveiro e a Linha da Beira Alta e depois a requalificação desta linha.
Durante a reunião da Câmara, Almeida Henriques referiu que "o corredor ferroviário da A25 e a ligação de Viseu à Linha da Beira Alta continuam a ser um desígnio político do município" e dele próprio.

Do rigor jornalístico!

Manuel Marques, Presidente da Concelhia de Nelas do CDS, Vice-Presidente da Distrital do CDS passa a vereador do PSD no actual Executivo. A edição desta semana do Jornal do Centro rectifica o erro!

25/03/2014

Das artes na região!

O festival de artes “Viseu a…” regressa no final de maio, envolvendo centenas de pessoas em espetáculos de dança, teatro, circo e música, não só na capital de distrito, mas também em concelhos vizinhos.

24/03/2014

Antes e depois!

Caro deputado Acácio Pinto, essa questão... já tem barbas!

Um distrito prestes a fechar!

Mais de 6.500 serviços públicos encerraram desde 2000, sobretudo no norte e interior de Portugal Continental, e mais de 150 devem encerrar proximamente, de acordo com um levantamento feito pela Lusa junto de entidades oficiais locais.
(...) Viseu, com 707, Santarém (535), Porto (514) e Aveiro (492) são os distritos onde mais serviços foram encerrados (...) As escolas foram os serviços que mais encerraram, um fenómeno que foi acentuado entre 2005 e 2011, e Viseu, com 555 escolas encerradas, foi o distrito onde mais estabelecimentos fecharam (...)

Será a Justiça cega?

Caros leitores, a páginas tantas lê-se na sentença:
(...) Também a imagem de fls 426 dos autos, na qual o autor é associado pelas vestes, pose e dizeres a um Presidente da Câmara da Idade da Pedra, se mostra ofensiva, da imagem, reputação e honra do autor. De facto, aí surge conotado com um homem primitivo e bruto, daí se retirando que não terá assimilado os valores culturais e civilizacionais que fazem parte do património humano.(...)
Agora, para que percebam da minha "má fé", peço que façam o que aparentemente a senhora juíza foi incapaz de fazer. Cliquem aqui, aqui, e aqui para que fiquem a saber afinal quem é o autor da proeza! Estão esclarecidos?

Segue-se agora o recurso mas, aproveito para agradecer a solidariedade do Viseu, terra de Viriato, do Indo eu, da Tribuna de Viseu e das minhas testemunhas, Joaquim Alexandre, Cilio Correia, o Beirão, Fernando Paulo Baptista, os deputados Hélder Amaral, José Junqueiro e Acácio Pinto além dos muitos amigos e leitores que, tal como eu, defendem uma sociedade onde a liberdade de expressão seja também a expressão da liberdade!