21/04/2020

Os políticos viseenses, pasmados e invisíveis

O mundo mudou em velocidade estonteante e de forma tão brusca que os políticos viseenses nem tempo tiveram para se adaptar.

Os deputados eleitos pelo distrito entraram em hibernação e não só aqueles que compreensivelmente por pertencerem ao grupo de risco a isso são aconselhados.

Não se ouviu uma voz de ânimo ao povo, de estímulo aos militantes, uma medida proposta ao governo para aliviar o sacrifício das famílias ou das empresas. Podiam por exemplo ter apresentado na AR uma recomendação ao governo para durante este período suspender as portagens na A25 para facilitar a vida aos profissionais da saúde e outros que necessitam de trabalhar, mas não, arrumaram o carro na garagem optando por ignorar todos aqueles que os elegeram. É nos momentos difíceis que se conhecem os amigos e estes, foram bem escolhidos!